Notícias

Rússia pagou Talibã para atacar tropas, diz relatório de inteligência dos EUA

Estadão
Estadão Conteúdo

27 de junho de 2020 - 22:18 - Atualizado em 27 de junho de 2020 - 22:18

Uma unidade de espionagem da Rússia pagou a membros do Talibã por ataques letais a tropas americanas no Afeganistão, segundo um relatório sigiloso da inteligência americana, disseram pessoas familiarizadas com o documento.

A informação foi entregue à Casa Branca no início deste outono e, até recentemente, era conhecida apenas por poucas autoridades, afirmou uma fonte. O conteúdo do relatório foi divulgado nesta sexta-feira, 26, pelo jornal New York Times.

O assunto vem à tona em um momento no qual o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pressiona o Pentágono a retirar uma parcela significativa das forças americanas do Afeganistão e enquanto diplomatas americanos tentam estabelecer um acordo de paz entre o Talibã e o governo afegão, que é apoiado por Washington.

A Casa Branca, sem confirmar a existência do documento, disse que Trump nunca foi informado sobre os pagamentos da Rússia.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.