Coronavírus

Coronavírus em Curitiba: lojas fazem delivery de roupas e sapatos com higienização

Lucas
Lucas Sarzi
Coronavírus em Curitiba: lojas fazem delivery de roupas e sapatos com higienização
Foto: Lucas Sarzi/Reprodução/RIC Record TV Curitiba.

5 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:42

Mesmo em meio à pandemia, aquela necessidade de uma roupa nova pode surgir. E o que fazer? Com as lojas fechadas, os deliverys de roupas e sapatos ganharam força em Curitiba. Mas para garantir a higiene dos produtos, os lojistas estão tendo que pensar em alternativas.

Em uma loja de roupas masculinas de Curitiba, o proprietário resolveu mudar o atendimento e suspendeu as trocas. “A gente pede para os clientes a medida das roupas, mandamos conforme a medida. Se por acaso a pessoa não gostar ou não servir, oferecemos a troca, mas depois que a loja abrir de novo“, comentou Roberson Zaiatz, o proprietário.

No caso das lojas de roupas femininas, além de higienizar as peças que chegam e vão para os clientes, as funcionárias também têm feito um atendimento bem personalizado: são muitas fotos e respostas nas redes sociais.

“Na hora da separação da mercadoria colocamos máscaras e luvas para manusear. Orientamos os motoboys a estarem com máscaras e luvas e também pedimos que as clientes façam o pagamento com cartão, não com dinheiro, que é mais sujo”, disse Alyne Ferreira, proprietária de uma das lojas.

Segundo outra empresária, tudo é higienizado sempre. “A gente envia as peças para os clientes e eles provam em casa. Nessa mala delivery fazemos toda a higienização com álcool, tanto das peças como das malas, e ainda passamos as peças com vapor quente, que ajuda a higienizar”, comentou Ana Paula Thomazi.

roupas-coronavirus-curitiba-delivery

Foto: Lucas Sarzi/Reprodução/RIC Record TV Curitiba.

E não pense que as opções são apenas para adultos: se precisar de uma roupa para a criançada, tem também. Da mesma forma que para os adultos, a loja envia uma mala, que vai direto para a casa dos clientes.

Os pais escolhem e devolvem o que não serviu. Depois, as peças também são higienizadas. “O cliente olha a peça, a gente marca um dia e volta buscar. Quando chegamos na loja higienizamos as peças e deixamos separadas por um tempo para evitar contaminação”, disse Cleide Oldra, proprietária da loja.

Sapato delivery? Peças são higienizadas na ida e na volta

E se precisar de um sapato novo? É só pedir um delivery. E tudo com o mesmo cuidado para evitar a contaminação. Numa loja encontrada pela reportagem, por exemplo, todas as peças que são provadas passam por um processo de higienização.

Ana Ysabela Tavares, a dona da loja, comenta que dá trabalho, mas que visa não só a saúde como também o futuro da empresa. “A gente tem trabalhado quatro vezes mais do que o normal. Não conseguimos ter um faturamento expressivo, mas temos a certeza de que a gente não parou. A gente está crescendo e é um braço que vai continuar depois que tudo voltar ao normal”, avaliou.

sapatos-delivery-curitiba-coronavirus

Foto: Lucas Sarzi/RIC Record TV Curitiba.

Experimentar ou não, o que dizem os médicos?

O processo de entrar e sair de um provador talvez demore um pouco para que voltemos a fazer. Mas o que será que dizem os médicos sobre o assunto? “Roupas, tecidos de forma geral, recomendamos que fiquem 72h em quarentena para serem expostos novamente. Se passar álcool nas peças, precisa friccionar para garantir a proteção”, explica a infectologista Marta Fragoso.

Apesar de ter orientação para os vendedores, a preocupação também tem que vir dos clientes. “As pessoas que estão tocando essas roupas devem fazer higienização das mãos com álcool 70 antes de tocar boca, nariz e olhos. Isso é importante para que não venha a se infectar“, alertou a infectologista.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.