Notícias

Reino Unido diz que mortes em Mianmar são abomináveis e país deve retornar à democracia

Reuters
Reuters

28 de fevereiro de 2021 - 14:34 - Atualizado em 28 de fevereiro de 2021 - 14:34

LONDRES (Reuters) – O Reino Unido disse neste domingo que a escalada da violência contra manifestantes em Mianmar é abominável e pediu aos líderes militares do país que restaurem a democracia.

A polícia de Mianmar atirou contra manifestantes na manhã deste domingo, no dia mais sangrento de protestos contra o golpe militar, deixando pelo menos 18 pessoas mortas, disse o escritório de direitos humanos da ONU.

“Ao lado de EUA e Canadá, o Reino Unido agiu impondo sanções de direitos humanos contra nove oficiais militares de Mianmar, incluindo o comandante-chefe do país, pelo papel deles no golpe”, disse uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido.

“Estamos seguros de que essa violência deve parar e a democracia, ser restaurada.”

(Por William Schomberg)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.