Coronavírus

Reabertura comércio Maringá: novo decreto libera atividades

Medida é válida a partir de segunda-feira (20)

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora com informações da Prefeitura de Maringá
Reabertura comércio Maringá: novo decreto libera atividades
Foto: Thiago Louzada

18 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:10

O novo decreto  nº566/2020 que libera a reabertura do comércio em Maringá foi publicado no Diário Oficial do município  neste sábado (18), após 30 dias da medida que declarava estado de emergência e a suspenção das atividades comerciais no município.

De acordo com a Prefeitura de Maringá, as regras se flexibilizam em busca de uma mínima normalidade.

Reabertura comércio Maringá: medida é válida a partir de segunda-feira (20)

A partir desta segunda-feira (20), o novo decreto autoriza a reabertura do comércio de Maringá. Entretanto, conforme a prefeitura, isso não significa um relaxamento nas medidas de prevenção, mas de avanço na estratégia de retomada gradual da economia.

Para Ulisses Maia, prefeito de Maringá, a importância do isolamento social e distanciamento entre as pessoas prevalece sendo fundamental para o combate ao vírus.

“Não há margem segura além daquela já tão enfatizada no Brasil e no mundo: é preciso ficar em casa, manter o distanciamento entre as pessoas, usar máscara em deslocamentos públicos e higienizar as mãos. Não existe ainda outra forma de derrotar o vírus senão com medidas excessivas. Nós fizemos a coisa certa, no momento certo, mas ainda não podemos comemorar nada, apenas insistir: não relaxem”, afirmou o prefeito

“Momento permite flexibilização”

Além disso, a reabertura do comércio em Maringá segue, de acordo com a prefeitura, um planejamento alicerçado na compreensão de que o momento permite a flexibilização.

Nos últimos 30 dias, o município conseguiu organizar a infraestrutura de atendimento médico nas redes pública e privada, e as medidas de prevenção como higienização de espaços públicos, proibição do transporte intermunicipal com fechamento da rodoviária, e um conjunto de outras ações foram fundamentais para manter a curva de crescimento dentro de uma margem adequada ao planejamento.