Notícias

Queiroga pede à Pfizer que entregue 50 milhões de doses de vacina contra Covid-19 “o quanto antes”

Reuters
Reuters
Queiroga pede à Pfizer que entregue 50 milhões de doses de vacina contra Covid-19 “o quanto antes”
Vacinação contra Covid-19

29 de março de 2021 - 15:41 - Atualizado em 29 de março de 2021 - 15:46

SÃO PAULO (Reuters) – O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu em reunião com representantes da Pfizer nesta segunda-feira que a farmacêutica entregue 50 milhões de doses –parte do contrato de 100 milhões de doses firmado com o governo brasileiro– “o quanto antes” para que o Brasil acelere a campanha de vacinação contra uma doença que já matou mais de 312 mil pessoas no país.

Segundo nota divulgada pelo Ministério da Saúde, Queiroga reuniu-se com a presidente da Pfizer no Brasil, Marta Diez, e com outros representantes da companhia para discutir o cronograma de entregas da vacina.

“Precisamos ampliar a nossa capacidade vacinal agora. Convido vocês para fazermos esforços conjuntos para garantir essas vacinas o quanto antes”, disse o ministro aos representantes da farmacêutica, de acordo com o ministério.

A Pfizer estima iniciar a entrega de doses de sua vacina contra Covid-19, aplicada em duas doses, ao governo brasileiro entre abril e maio. Segundo a presidente da Pfizer no país, após a chegada do primeiro lote, as entregas passarão a ser escalonadas e semanais.

O cronograma previsto no contrato entre a Pfizer e o Ministério da Saúde projeta 13,5 milhões de doses da vacina no segundo trimestre e 86,5 milhões de doses para o terceiro trimestre deste ano, de acordo com a nota do ministério.

(Reportagem de Eduardo Simões)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2S1FC-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.