Notícias

Quatro jogadores do Palmas morrem em acidente aéreo em Tocantins

Reuters
Reuters

24 de janeiro de 2021 - 14:06 - Atualizado em 24 de janeiro de 2021 - 14:06

Por Andrew Downie

(Reuters) – O presidente do Palmas Futebol Clube e quatro dos jogadores da equipe morreram neste domingo, depois que um avião de pequeno porte que os levava para um jogo caiu logo após a decolagem.

O clube da quarta divisão confirmou que o presidente Lucas Meira e os jogadores Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari morreram. O piloto, cujo nome divulgado é apenas Wagner, também morreu.

“O avião decolou e caiu no final da pista da Associação de Aviação Tocantinense”, um pequeno campo de pouso próximo à cidade de Palmas, disse o clube. “Lamentamos informar que não há sobreviventes.”

O avião rumava para Goiânia, a cerca de 800 quilômetros de distância, onde o Palmas enfrentaria o Vila Nova na segunda-feira pela Copa Verde, torneio reservado a times que não estão nos tradicionais polos do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil.

O clube não informou que tipo de avião se envolveu no acidente aéreo, o mais recente a atingir o futebol brasileiro nos últimos anos.

Em 2016, quase toda a equipe da Chapecoense morreu quando um avião que os levava para a final da Copa Sul-Americana na Colômbia colidiu com um morro próximo da chegada em Medellín.

Dois anos antes, o ex-capitão do Internacional Fernandão morreu após a queda de seu helicóptero no estado de Goiás.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.