Política

Quarentena de Queiroga nos EUA deve custar quase R$ 50 mil aos cofres públicos

Despesas para bancar estadia de 14 dias em Nova York englobam hotel, transporte e alimentação

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do R7
Quarentena de Queiroga nos EUA deve custar quase R$ 50 mil aos cofres públicos
(FOTO: Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga)

23 de setembro de 2021 - 10:01 - Atualizado em 23 de setembro de 2021 - 10:01

A estadia do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que está em quarentena nos Estados Unidos após ter sido diagnosticado com Covid-19, deve custar quase R$ 50 mil aos cofres públicos, de acordo com cálculo feito pelo portal R7.

As despesas englobam passagem aérea para voltar ao Brasil, deslocamentos, diárias de hotel e alimentação por 14 dias, período em que o ministro deve ficar isolado em Nova York.

O R7 pediu a uma agência de viagem o preço das passagens para voltar ao Brasil, entre os dias  4 e 5 de outubro. Uma viagem em classe executiva custa R$ 11.672,55. A segunda com menor preço sai por R$ 12.466,64 e a terceira por R$ 15.134,52. A média, portanto, fica em torno de R$ 13 mil.

Segundo uma simulação feita no site do próprio hotel, onde o ministro está hospedado, o valor das diárias no quarto mais barato é de R$ 28,4 mil. O cargo de Queiroga faz com que ele tenha direito a receber o valor mais alto de diária para custear sua estadia com hotel, transporte e alimentação. O valor que receberá por dia é de U$ 460, conforme o decreto 6.576 de 2008, o que dá R$ 33,9 mil, no câmbio atual.

Somando as passagens aéreas, a conta deve chegar R$ 46,7 mil.