Notícias

Quadrilha assalta banco em Curitiba e faz ‘escudo humano’ com clientes e funcionários

Um dos bandidos foi morto durante troca de tiros; a polícia trabalha para capturar outros criminoso que estão escondidos em uma mata na região do Rio Bonito

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Quadrilha assalta banco em Curitiba e faz ‘escudo humano’ com clientes e funcionários
O banco assaltado foi uma agência bancária da Caixa Econômica Federal no bairro Tatuquara. (Foto: reprodução/RIC Record TV)

30 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 30 de setembro de 2019 - 00:00

Criminosos assaltaram um banco em Curitiba durante a manhã desta segunda-feira (30). Armados com fuzis, eles invadiram a agência bancária da Caixa Econômica Federal na Rua Odir Gomes da Rocha, do bairro Tatuquara, por volta das 10h.

Segundo informações, durante a ação eles conseguiram levar dinheiro do banco. 

Quadrilha que assaltou banco em Curitiba usou ‘escudo humano’ para a fuga

Durante a fuga, os criminosos obrigaram funcionários do banco e clientes a formar um ‘escudo humano’ para que eles pudessem deixar a agência. 

Nas proximidades da agência bancária, eles encontraram com uma viatura da Polícia Militar, que seguia para atender a ocorrência, e houve troca de tiros e perseguição policial. Nesse momento, um policial foi atingido de raspão

“A viatura passava pelo local no momento em que os indivíduos haviam acabado de praticar o roubo. Houve confronto com as equipes, um policial foi alvejado no colete, graças à Deus não transfixou o colete, ele está bem”, explicou o tenente-coronel Hudson, subcomandante da Polícia Militar. 

Criminoso é morto durante cerco 

Na sequência, os assaltantes de banco abandonaram um dos veículo que usavam e fugiram a pé para uma região de mata. O local, que fica na região do Rio Bonito, foi cercado e várias equipes de polícia passaram fazer a varredura na área. Durante um dos confrontos, houve pelo menos cinco situações de troca de tiros, um dos bandidos acabou morto

A polícia orientou que moradores da região não saiam de casa durante o cerco. (Foto: reprodução/RIC Record TV)

Ainda conforme o subcomandante, a quadrilha usou dois veículos para cometer o assalto e ainda não é possível saber o número exato de envolvidos. 

Equipes trabalham para capturar assaltantes

Equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (COPE), da Comandos e Operações Especiais  (COE) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) participam da captura dos bandidos. Eles também contam com o apoio de um helicóptero da Polícia Civil e de cães farejadores. 

“Estamos trabalhando juntos pra tentar prender esses marginais que cometeram o roubo a banco ali na Caixa Econômica. Apesar de ser atribuição da Polícia Federal investigar, esse primeiro combate é sempre das forças estaduais”, declarou o delegado Rodrigo Brown, do COPE. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.