Notícias

Taxistas fazem protesto em Curitiba pela redução de taxas; movimento teria caído em até 95%

Motoristas alegam que taxa cobrada no Paraná é a mais alta do país

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais reportagem RIC Record TV, Curitiba
Taxistas fazem protesto em Curitiba pela redução de taxas; movimento teria caído em até 95%
(Foto: Otoniel Silva/ RIC Record TV)

12 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:45

Taxistas se reuniram nesta terça-feira (12) em Curitiba para realizar um protesto pedindo pela redução e isenção de taxas. De acordo com a categoria, o valor da outorga (valor pago anualmente para circulação) praticado na capital paranaense é o mais alto do país – R$ 1.350. Na manifestação eles pedem que este valor seja revisado e que débitos em atraso deste anos sejam isentados.

Após saírem do bairro Rebouças, os motoristas passaram pela Câmara Municipal de Curitiba e estacionaram os veículos em frente à Prefeitura de Curitiba.

protesto taxista

(Foto: Otoniel Silva/ RIC Record TV)

Protesto de taxistas

A manifestação foi agendada para às 10h desta terça-feira (12), em frente ao estádio Vila Capanema, no bairro Rebouças. Após a concentração, os taxistas seguiram pelas ruas do centro da cidade, passam na Câmara Municipal e se reuniram novamente em frente à Prefeitura.

Segundo os motoristas, a pandemia do coronavírus atingiu diretamente os taxistas e muitos profissionais estão passando por situações difíceis. O movimento teria caído entre 90 e 95%, e a prefeitura não teria revisado nenhuma taxa, apenas estendido o prazo para pagamentos. Insatisfeitos com as medidas, os motoristas resolveram protestar.

De acordo com a categoria, a outorga em Curitiba custa R$ 1.350, enquanto que a média nacional é R$ 270. Além disso, os motoristas pedem que taxas em atraso sejam isentas.

Em nota, a URBS (Urbanização de Curitiba) informou que teve uma reunião com os taxistas na última sexta-feira (8) e garantiu que mantém o diálogo com os motoristas e tem realizado alterações para beneficiar a categoria.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.