Saúde

Projeto prevê trabalho remoto para as gestantes durante a pandemia de covid-19

Projeto aprovado na última semana no Senado prevê afastamento de gestantes do trabalho presencial durante a pandemia de covid-19

Wilame
Wilame Prado / Repórter
Projeto prevê trabalho remoto para as gestantes durante a pandemia de covid-19
Projeto aprovado na última semana no Senado prevê afastamento de gestantes do trabalho presencial durante a pandemia de covid-19. (FOTO: ILUSTRAÇÃO)

19 de abril de 2021 - 12:06 - Atualizado em 19 de abril de 2021 - 12:06

Projeto aprovado na última semana no Senado prevê afastamento de gestantes do trabalho presencial durante a pandemia de covid-19. Medida segue para sanção presidencial e obrigará patrões a permitirem o trabalho remoto das funcionárias que estão grávidas.

A medida não deve acarretar em prejuízo financeiro para a gestante, conforme o projeto. Ela deverá ficar à disposição para exercer as atividades de casa, por meio do teletrabalho, trabalho remoto ou outra forma de trabalho à distância.

LEIA MAIS: HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ CONTRATA MÉDICOS, BIOQUÍMICO E TÉCNICOS EM ENFERMAGEM E RADIOLOGIA

“A trabalhadora [grávida], além de necessitar de cuidados especiais para a preservação de sua saúde, tem que adotar todas as medidas possíveis para a proteção da vida que carrega. Não pode, em um momento como o ora vivenciado no país, ficar exposta a este terrível vírus, que pode ceifar a sua vida, a de seu filho, bem como arrasar o seu núcleo familiar”, afirmou a relatora do projeto no Senado, Nilda Gondim (MDB-PB).