Agronegócio

Produção de algodão de MT em 2019 é recorde em área e volume, afirma Imea

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

30 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 30 de dezembro de 2019 - 00:00

São Paulo, 30 – O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) destaca os bons resultados do setor de algodão neste ano. “2019 foi um marco para a cotonicultura mato-grossense, principalmente pelo crescimento significativo da área de algodão cultivada no Estado. Com um incremento de 40,71%, a safra se torna a maior de toda a história de Mato Grosso, atingindo 1,11 milhão de hectares”, diz em nota.

A área plantada foi recorde de 1,11 milhão de hectares, alta de 40,71%. A produção de algodão em caroço também superou a de outros anos na safra 2018/2019, com 4,79 milhões de toneladas. Segundo o Imea, o aumento de área refletiu os preços favoráveis obtidos pela pluma na safra anterior.

Na nota, o presidente empossado para o triênio 2020-2022 da Associação dos Produtores de Algodão de Mato Grosso, Paulo Sérgio Aguiar, diz que, embora os preços internacionais do produto estejam mais fracos – em virtude de uma maior oferta do produto -, o cotonicultor do Estado tem se empenhado para conquistar mercado e deve trabalhar para manter a mesma área de produção na safra 2019/2020.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.