Notícias

Primeiro-ministro da Grécia diz que orçamento de 2020 vai respeitar metas fiscais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de julho de 2019 - 00:00 - Atualizado em 20 de julho de 2019 - 00:00

ATENAS (Reuters) – A Grécia vai apresentar um orçamento de 2020 ainda este ano respeitando totalmente as metas fiscais combinadas com seus credores, disse o primeiro-ministro recém-eleito, Kyriakos Mitsotakis, neste sábado. 

Destacando suas principais políticas, Mitsotakis disse aos parlamentares gregos que o orçamento não colocará as metas fiscais de 2019 e 2020 em risco. 

A Grécia saiu dos programas de ajustes econômicos supervisionados por seus credores em agosto passado, mas ainda precisa cumprir metas fiscais, incluindo superávit primário – que não inclui o pagamento de juros de sua dívida – de 3,5% do PIB até 2022.

“No rascunho do orçamento para 2020 o equilíbrio fiscal não é rompido e as metas de superávit primário para os anos de 2019 e 2020, combinadas com o governo anterior, não são contestadas”, disse Mitsotakis.

Ele acrescentou que seu governo deseja implementar reformas ousadas e assegurar a credibilidade aos olhos dos parceiros do país e investidores internacionais. 

(Por Angeliki Koutantou e Michele Kambas)