Clima e Tempo

Previsão de frio intenso lota lojas de cobertores e edredons

Alguns pontos ao sul do estado podem ter neve fraca. Já o interior do Paraná deve ter geada.

Giselle
Giselle Ulbrich com reportagem de Camila Andrade, da RIC Record TV
Previsão de frio intenso lota lojas de cobertores e edredons

26 de julho de 2021 - 21:31 - Atualizado em 26 de julho de 2021 - 21:31

A notícia de que uma onda de frio muito intensa, igual ou pior a que o Paraná teve há duas semanas, fez muita gente correr para as lojas de enxovais buscar um cobertor ou edredom a mais. As lojas que vendem estes tipos de produtos ficaram cheias no fim de semana e esperam que o movimento continue alto até o fim da semana.

Enquanto alguns sofrem pensando no frio, outros comemoram. A repórter Camila Andrade, da RIC Record TV, esteve numa destas lojas, em Curitiba. Só no fim de semana, mais de cinco mil pessoas passaram pelos corredores da loja e a expectativa é de que o movimento continue alto durante a semana, com três mil clientes por dia no local.

“É uma forma de recuperar os dias fechados na pandemia e desovar o estoque. O inverno representa a mesma venda que o Natal. E quando tem frente fria, aumenta mais ainda. Movimento hoje é 50% maior que na semana passada”, comemorou Juliane Karsten Lorenz, diretora de marketing do comércio.

Neve, geada, quentão e sopa

Mas não é só com cobertor e edredon que o curitibano se protege do frio. “Tem que ter um vinho quente, sopa, quentão e um bom pijama. Precisa de tudo isso aí”, disse a aposentada Vera Machado.

A Vera tem razão em estar se prevenindo do frio, pois além da chuva, que cai já a partir da tarde desta terça-feira (27), a frente fria traz temperaturas abaixo de zero, a partir de quarta-feira (28), e pode ocorrer neve em alguns locais do Paraná.

“Quarta, quinta e até sexta-feira teremos um forte declínio na temperatura, devido a massa de ar frio vinda da Antártica. Em Curitiba, teremos temperaturas negativas. Também poderemos ter alguns poucos flocos de neve, mais ao sul do Estado, em Palmas e General Carneiro, entre a noite de quarta e madrugada de quinta-feira”, explicou Reinaldo Kneib, meteorologista do Simepar, dizendo ainda que deve haver geada no interior do Paraná.

Conforme o meteorologista, a Argentina já estava com zero graus na tarde desta segunda-feira (26), temperatura que chega amanhã ao Paraná. É uma massa de ar frio com características parecidas com a que ocorreu em julho de 2013.

Mas, para quem comprou edredon para se precaver do frio, que aproveite bem, pois logo eles vão voltar para o armário. Conforme o meteorologista, a onda de frio intenso deve durar três, no máximo quatro dias. No próximo fim de semana, as temperaturas voltam a subir.

Assista a reportagem de Camila Andrade, com imagens de Paulo Evaristo e produção de Silvana Ukachenski: