Notícias

Prefeitura do Rio prorroga restrições contra Covid-19 até 10 de maio

Reuters
Reuters
Prefeitura do Rio prorroga restrições contra Covid-19 até 10 de maio
Idosos fazem fila para se vacinarem contra Covid-19 no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro

30 de abril de 2021 - 07:58 - Atualizado em 30 de abril de 2021 - 08:00

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A prefeitura do Rio do Rio de Janeiro prorrogou até 10 de maio as medidas restritivas de isolamento social contra a disseminação da Covid-19, mostrou decreto publicado no Diário Oficial do município nesta sexta-feira.

O acesso às praias para banho de sol e de mar segue proibido aos fins de semana, apesar dos flagrantes de desrespeito à medida no último fim de semana. O toque de recolher, em que as pessoas são proibidas de ficar nas ruas entre 23h e 5h, também foi mantido.

Comércio e serviços seguem liberados para operar em horários e condições especiais.

A pandemia de coronavírus teve um relativo arrefecimento nos últimos dias, com redução na fila de espera por internações e recuo na taxa de ocupação de leitos. No entanto, o Estado já tem mais de 730 mil casos ao longo da pandemia e cerca de 43 mil mortes.

Na cidade do Rio, que reúne a maioria de casos e óbitos do Estado, a prefeitura informou que vacinou quase todos os idosos e ainda tem reserva técnica para aplicação da segunda dose. Cerca de dez cidades do Estado suspenderam a aplicação de segunda dose por falta de imunizastes.

A recomendação das autoridades de saúde é de que as pessoas que receberam a primeira dose de uma vacina contra Covid-19 tomem a segunda dose, mesmo que depois do prazo inicialmente previsto.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3T0LM-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.