Notícias

Prefeitura de Bandeirantes: servidores são presos por desvio de dinheiro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

28 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 28 de novembro de 2018 - 00:00

Funcionários da Prefeitura de Bandeirantes são presos por corrupção. (Foto: Reprodução/RICTV)

Quatro servidores do setor de contabilidade, da Prefeitura de Bandeirantes, foram detidos durante a operação do MP-PR

Quatro funcionários da Prefeitura de Bandeirantes, no norte pioneiro do Paraná, foram presos na manhã desta terça-feira (27) durante uma operação do Ministério Público do Paraná (MP-PR). Juntos, eles são suspeitos de desviar somente em um ano R$ 900 mil de dinheiro público.

Agentes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) executaram a ordem judicial logo no início da manhã. Computadores e uma grande quantidade de documento foram recolhidos em cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão. Os equipamentos e arquivos foram recolhidos no prédio da prefeitura e na residência dos servidores municipais.

Operação Alecto

As investigações do MP-PR apontaram que um grupo de servidores se uniram com o objetivo de desviar dinheiro da prefeitura para as contas deles. Para isso, eles se aproveitavam do acesso a sistemas restritos para fraudar prestação de contas. Só em 2017, o desvio teria chegado em R$ 900 mil. “A fraude era feita no sistema e depois eram fraudados também a contabilidade para burlar, de certa forma, essa falta que esses desvios faziam”, explicou o promotor Francisco Ilidio Hernandes.

Todos os envolvidos são do setor de contabilidade da Prefeitura de Bandeirantes. O MP-PR também pediu o sequestro de bens, bloqueio de contas e quebra de sigilo bancário, fiscal e financeiro dos investigados. O objetivo é descobrir o destino dos valores desviados.

De acordo com o MP, todos devem responder por associação criminosa, por peculato e lavagem de dinheiro. “A gente identificou nas residências muito material referente a imóveis, a propriedades, a bens, que também a gente entende que não há compatibilidade com os recursos que eles recebem da prefeitura e outra situação que chamou atenção é em relação a documentos que relacionam os investigados entre si”, disse ainda o promotor.

Posição da Prefeitura de Bandeirantes

Segundo funcionários da prefeitura, Lino Martins, prefeito da cidade, está em viagem e a administração municipal não irá manifestar até a volta do gestor.

Assista à reportagem completa:


Vinicius Buganza, repórter da RICTV Londrina, conta todos os detalhes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.