Notícias

Prefeito de Maringá declara que irá apurar ação da Guarda Municipal contra comerciante: “Episódio é inaceitável”

Vídeo mostra momento que homem é rendido por agentes da GM

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem RIC Record TV Maringá
Prefeito de Maringá declara que irá apurar ação da Guarda Municipal contra comerciante: “Episódio é inaceitável”
(FOTO: GUSTAVO DUARTE/ RIC RECORD TV)

7 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:10

O Prefeito de Maringá, Ulisses Maia, se posicionou nesta terça-feira (7) após receber um vídeo de uma ação de fiscalização da Guarda Municipal (GM) contra um homem do comércio da cidade. De acordo com testemunhas, os agentes realizaram a abordagem, alegando que o lava jato estaria funcionando, e logo teve início a discussão. Os responsáveis pela segurança renderam um homem, que chegou a desmaiar.

A ação gerou grande aglomeração de pessoas e a Polícia Militar também foi acionada. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local para atendimento ao homem, porém, não foi necessário encaminhamento para o hospital e a vítima foi direto para a delegacia registrar a ocorrência.

Fiscalização no comércio termina em confusão em Maringá

Fiscais e guardas da GM foram às ruas nesta terça-feira (7) para fiscalizar os comércio que não estavam cumprindo o decreto. Em um lava jato, na Avenida Pedro Taques, no Jardim Alvorada, um fiscal solicitou o alvará do estabelecimento após encontrar alguns homens sentados em frente ao comércio e um carro estacionado no local.

De acordo com testemunhas, um dos fiscais alegou que o local seria autuado, então teve início a confusão. O filho do proprietário informou que eles não estavam trabalhando, apenas estavam ali pois moravam na casa no fundo. Mas a discussão ganhou proporções, os guardas imobilizaram o homem e houve uma grande aglomeração de pessoas.

Em determinado momento, o filho do dono do estabelecimento chegou a cair no chão. Na sequência chegou a PM e uma ambulância do Samu. Veja mais detalhes e depoimentos sobre a ação:

Prefeito contesta ação da Guarda Municipal

Em nota oficial, o prefeito de Maringá repudiou a abordagem da Guarda Municipal. De acordo com Ulisses Maia, violência jamais será tolerada.

“Não aceito, não tolero e sou absolutamente contra qualquer tipo de violência. O episódio é inaceitável”, afirmou o prefeito.

Confira a nota na íntegra: