Notícias

Preços dos grãos se recuperam em Chicago com menor receio à variante Ômicron

Reuters
Reuters
Preços dos grãos se recuperam em Chicago com menor receio à variante Ômicron
Lavoura de trigo

1 de dezembro de 2021 - 19:23 - Atualizado em 1 de dezembro de 2021 - 19:25

Por P.J. Huffstutter

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de trigo negociados em Chicago subiram nesta quarta-feira, recuperando algumas das perdas da sessão anterior, à medida que começa a diminuir a preocupação de investidores de que a variante do coronavírus Ômicron possa prejudicar a economia global.

O milho e a soja também recuperaram terreno, disseram traders, seguindo as esperanças dos compradores internacionais que estão em busca de negócios, com os futuros do farelo de soja levando o complexo da oleaginosa a subir no dia.

“Você ainda tem margens de esmagamento (da soja) que estão na faixa de 2 a 2,50 dólares por bushel, e há rumores de que a China voltou ao mercado em busca de mais soja devido a essa quebra de preço”, disse Don Roose, presidente da corretora agrícola U.S. Commodities.

A Reuters não conseguiu confirmar imediatamente nenhuma nova oferta chinesa pela soja dos Estados Unidos.

Na bolsa de Chicago, o contrato mais ativo do trigo fechou com alta de 3,25 centavos de dólar a 7,9050 dólares o bushel. O milho subiu 4 centavos de dólar a 5,7150 dólares o bushel.

A soja fechou o dia com avanço de 11 centavos de dólar a 12,2825 dólares o bushel, enquanto contrato do farelo de soja mais ativo para janeiro avançou 7,30 dólares a 349,10 dólares por tonelada.

(Reportagem adicional de Gus Trompiz em Paris e Naveen Thukral em Cingapura)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB02NK-BASEIMAGE