Notícias

População improvisa 452 bancos em pontos de ônibus

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

16 de maio de 2017 - 00:00 - Atualizado em 16 de maio de 2017 - 00:00

Banco na rua dep. Pinheiro Junior, no Umbará. (Foto: Divulgação)

Assentos improvisados estão em 11% dos pontos de ônibus administrados pela Prefeitura de Curitiba

Um levantamento realizado entre os dias 19 de abril e 13 de maio, nos 75 bairros que compõem as administrações regionais de Curitiba, detectou a existência de 452 bancos improvisados pela própria população em pontos de ônibus de Curitiba. O estudo, feito pela equipe do deputado estadual Rasca Rodrigues (PV), será divulgado na tarde desta quarta-feira (17) e foi recebido antecipadamente pelo RIC Mais.

O objetivo era verificar a necessidade de assentos nos abrigos de ônibus. Uma cópia, com fotos e endereço de cada um dos 452 bancos adaptados, foi entregue ao prefeito Rafael Greca na tarde desta terça (16). De posse do documento, Greca e o presidente do IPPUC, Reginaldo Reinert, devem criar um projeto-piloto para definir um banco-padrão para os pontos de ônibus da cidade.

A Prefeitura de Curitiba é responsável pela manutenção de 4 mil pontos de ônibus, enquanto a empresa Clear Channel administra 2,5 mil deles. A população improvisou bancos em 445 dos pontos administrados pela prefeitura, o que corresponde a 11% deles. Já nos pontos que são de responsabilidade da Clear Channel, sete bancos foram improvisados, a maioria na região central. 

Leia mais
Pontos de ônibus sem banco são mais um problema enfrentado por passageiros do transporte público

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.