Caroline
Caroline Berticelli / Editora com informações do The Times Of India

29 de maio de 2020 - 00:00

Atualizado em 29 de maio de 2020 - 00:00

Internacionais

Pombo é preso por suspeita de espionagem na fronteira da Índia

A ave foi capturada por moradores e entregue à polícia

Pombo é preso por suspeita de espionagem na fronteira da Índia
Foto: Reprodução/The Times Of India

Um pombo foi preso por suspeita de espionagem próximo à fronteira da Índia com o Pasquistão no último domingo (24), segundo o jornal The Times Of India. 

A migração da espécie é comum na região, mas a suspeita de espionagem surgiu depois que foram identificados no animal um anel em uma de suas patas e uma marca rosa na pelagem. O que, de acordo com as autoridades locais, pode se tratar de um código. 

“Não sabemos de onde ele veio. Locais o capturaram próximo à fronteira. Encontramos um anel em sua pata com números escritos. Investigações adicionais estão em andamento”, explicou Shailendra Kumar Mishra, superintendente sênior da polícia de Kathua. 

Pombo é preso e mantido sob custódia

Após ser capturado por moradores, o pombo foi preso e é mantido sob custódia devido a tensa situação política entre os países. As duas nações disputam desde a independência da Índia, em 1947, a área de fronteira na Caxemira, localizada no norte do subcontinente indiano. 

Em 2015, outro pombo já havia sido preso na Índia, na ocasião, ele foi ‘detido’ em Manwal, na mesma região. Junto com a ave, a polícia encontrou uma mensagem com nome de províncias paquistanesas e vários números.