Política

Regulamentação da terceira dose no Paraná é aprovada na Alep e vai para sanção do governador

Segundo o autor do projeto, caso aprovado, o Estado se tornará responsável por criar uma legislação sobre a distribuição da dose de reforço

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com supervisão de Giselle Ulbrich
Regulamentação da terceira dose no Paraná é aprovada na Alep e vai para sanção do governador
Foto: Geraldo Bubniak

20 de setembro de 2021 - 22:52 - Atualizado em 20 de setembro de 2021 - 22:52

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou o Projeto de Lei que visa regulamentar a aplicação da terceira dose contra a Covid-19. Pela proposta, as doses complementares respeitarão a forma e a ordem pré-estabelecida pelo Plano Nacional de Imunização – PNI e pelo Plano Estadual de Vacinação da Secretaria de Estado da Saúde, a fim de garantir proteção a todos.

Com o aval da Anvisa para a aplicação de dose complementar, no momento, caberá ao governador Ratinho Júnior sancionar ou não a lei. Além disso, a Secretaria de Estado da Saúde deverá dar um parecer sobre a recomendação e a aplicação da vacina, bem como definir o caráter periódico, caso haja necessidade.

Para o deputado Francischini, autor da proposta, a regulamentação é importante para que o Estado tenha uma legislação sobre a distribuição de tais doses.

“Ganham os paranaenses com esse projeto. O Paraná sai na frente em uma questão tão importante e poderá ser o único estado com uma lei a esse respeito”,

ponderou.