Marcelo Campelo
Justiça

Por Marcelo Campelo

Política
Marcelo Campelo

Torcemos por Você Ministro Fux

Com uma trajetória profissional como a do Ministro Fux,  o Poder Judiciário tem tudo para passar por uma revolução.

Torcemos por Você Ministro Fux

11 de setembro de 2020 - 08:34 - Atualizado em 11 de setembro de 2020 - 11:40

Nesta quinta feira dia 10 de setembro a Presidência do Supremo Tribunal Federal passou a ser ocupada pelo Ministro Luiz Fux. Diferentemente de seu antecessor, o Ministro Dias Toffoli, o agora atual Presidente da Corte, teve uma longa carreira na Magistratura, inclusive com experiência em um Tribunal Superior. 

A trajetória profissional do Ministro Fux revela o caminho de um grande Jurista e Magistrado. Estudou na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, exerceu a profissão de advogado por dois anos, ingressou na carreira do Ministério Público, por concurso e depois, também pela via concursal ingressou na Magistratura Estadual do Estado do Rio de Janeiro. Exerceu o cargo de Promotor Público, de Magistrado de Primeiro Grau, de Desembargador, todos no Estado do Rio de Janeiro e no Tribunal deste mesmo Estado. Em 2001, foi nomeado para Ministro do Superior Tribunal de Justiça onde ficou por 11 anos. No Governo da Presidente Dilma, foi escolhido para a vaga do Supremo Tribunal Federal, onde permanece até hoje, com a assunção do cargo de Presidente do Supremo Tribunal Federal na data de ontem.

Além de Magistrado, o Ministro Fux, é Professor Titular da Universidade do Rio de Janeiro, na matério de Processo CIvil. Tem mestrado e doutorado, além de ter escrito mais de 42 obras sobre o tema. Seu preparo intelectual e técnico é digno de aplausos e revela uma mente privilegiada e inquieta, que enobrece a sua pessoa. 

Não obstante o seu preparo intelectual, a sua formação humana mostra um juiz com coração, pois suas citações de Fernando Pessoa, Cora Coralina e trechos das músicas de Fagner não seriam realizadas se não fosse uma pessoa sensível. Ninguém lê verdadeiramente uma poesia sem sentí-la, ainda mais quando cita trechos que lhe tocaram.  Some-se a isso, é músico e lutador de Jiu Jitsu. Os dois hobbies revelam o lado disciplinado do Ministro, pois para se tornar um lutador, pois pratica a arte marcial há mais de 20 anos, demonstra a todos como é uma pessoa dedicada e com objetivos firmes.

Em seu discurso, que acompanhei por completo e, na minha opinião foi o mais sincero que já vi, em meio a lágrimas, agradeceu seu pai, pelo incentivo e pelos ensinamentos, além de o ter feito ficar no país que os acolheu e proporcionou o que hoje se tornou o Ministro. Seu genitor veio para o Brasil em razão da perseguição que estava sofrendo dos nazista.  Conforme relatou o Ministro, diante de uma proposta para sair do país, quando se formou, seu paí aconselhou a ficar e retribuir a sociedade que lhe formou. 

Há tempos não se via um Ministro com tanta experiência no julgamento de causas, um juiz por assim dizer. Em seu histórico há conhecimento e muito trabalho frente a causas complexas e de difícil decisão  O seu discurso me fez acreditar que nosso país é o melhor do mundo, o mais belo e que os brasileiros são um povo batalhador e se quisermos mudamos o nosso país.

O Brasil ascenderá com uma justiça forte e respeitada. Não outro caminho. Com juízes livre para decidir dentro das leis, a democracia triunfará. Nossas instituições estão fortes! Amém, mas ainda não conseguimos um caminho do diálogo, que, a princípio o Ministro Fux possui. Torço para seja um mandato histórico e revolucionário para o nosso querido Brasil.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.