Marc Sousa
Fala Marc!

Por Marc Sousa

Política
Marc Sousa

Sindicato coloca trabalhadores em risco para faturar durante pandemia

Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba investiu em burocracia para tentar fazer com que filiados desistissem de cancelar a contribuição, mas a ideia não deu certo e promoveu aglomeração em plena pandemia da Covid-19. Veja o vídeo

Sindicato coloca trabalhadores em risco para faturar durante pandemia

16 de outubro de 2020 - 16:59 - Atualizado em 16 de outubro de 2020 - 17:03

Uma fila de dobrar quarteirão chamou atenção de quem passava pelo centro de Curitiba essa semana. Trabalhadores se aglomeraram em frente ao Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (SINDIMOC) para garantir o direito de não pagar o imposto sindical. Na tentativa de desestimular a categoria a cancelar a contribuição, o SINDIMOC criou um processo burocrático e obrigou os filiados a comparecer pessoalmente até a sede da entidade para assinar o documento de desistência, ignorando as recomendações e decretos sanitários, que proíbem aglomerações e dão preferência a processos on-line.

Para piorar a situação, a direção do SINDIMOC deu um prazo pequeno para que isso fosse feito, menos de uma semana. O resultado foram filas quilométricas e indignação de quem teve que se arriscar para ter seu direito de não dar dinheiro aos sindicalistas garantido. Veja as imagens.

Os valores descontados, em parcela única no quinto dia útil de dezembro, são de R$ 77 para motoristas e R$ 43 reais  para cobradores.