Marc Sousa

Piana apresenta a economia paranaense para Singapura, um dos tigres asiáticos

Vice-governador Darci Piana apresentou o potencial do Estado para o encarregado de Negócios da Embaixada da República de Singapura no Brasil, Desmond Ng, e falou sobre atração de investimentos. Foram destacados dois projetos logísticos: a concessão de rodovias e a Nova Ferroeste

Marc
Marc Sousa / Colunista
Piana apresenta a economia paranaense para Singapura, um dos tigres asiáticos

17 de setembro de 2021 - 21:07 - Atualizado em 20 de setembro de 2021 - 08:36

O vice-governador do Paraná, Darci Piana, e o encarregado de Negócios da Embaixada da República de Singapura no Brasil, Desmond Ng, saíram animados de um encontro em que o potencial paranaense para investimentos foi apresentado ao país asiático. O encontro faz parte da estratégia de buscar atração de novos investimentos e da ampliação de parcerias comerciais para o Paraná. “Singapura e o Paraná têm algumas semelhanças. Há condições de ampliar a relação comercial”, explicou o representante a embaixada.

Singapura é um dos tigres asiáticos, junto com Hong Kong, Coreia do Sul e Taiwan. Piana apresentou o potencial do Estado em diferentes áreas, destacando especialmente a produção de alimentos – o Brasil é o maior exportador de carnes congeladas (bovina, suína e aves) para Singapura.

“Há muitas indústrias de alimentos instaladas no Paraná que querem fazer comércio com um país asiático tão importante quanto Singapura”, afirma o vice-governador. “Estamos interessados em vender, mas também em atrair investimentos, especialmente aqueles ligados à tecnologia”.

Ele cita especificamente dois projetos logísticos em construção pelo Governo do Estado: a concessão de mais de 3 mil quilômetros de rodovias e a instalação da Nova Ferroeste, que vai ligar Maracaju, no Mato Grosso do Sul, ao Porto de Paranaguá. Ambos serão administrados pela iniciativa privada. “São mais de R$ 60 bilhões em investimentos apenas nesses dois projetos”, diz Piana.

O representante da Embaixada de Singapura informou que o País mantém um escritório em São Paulo com o foco justamente em prospectar novas parcerias. Segundo ele, o escritório ficará encarregado de alinhar futuras negociações que envolvam o Paraná.

No encontro também foi anunciado que Singapura vai doar ao Paraná nas próximas semanas 150 mil máscaras e 50 mil frascos com álcool gel. O material será encaminhado à Secretaria de Estado da Saúde.