Marc Sousa

Paranaense será primeira mulher negra a assumir cargo de diretora da IFI do Senado

A nomeação da economista Vilma da Conceição Pinto foi bem recebida por outras senadoras: “Vilma ultrapassa [e] rompe barreiras hoje ao assumir, de forma muito proeminente e importante, a liderança do IFI”

Marc
Marc Sousa / Colunista
Paranaense será primeira mulher negra a assumir cargo de diretora da IFI do Senado
Paranaense será primeira mulher negra a assumir cargo de diretora da IFI do Senado (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

8 de julho de 2021 - 17:33 - Atualizado em 8 de julho de 2021 - 17:37

Vilma da Conceição Pinto é o nome da paranaense que se tornou a primeira mulher negra a exercer um cargo de diretoria da Instituição Fiscal Independente (IFI).  O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (7), a indicação da economista para ocupar o cargo de diretora.

Ela que era assessora da Secretaria da Fazenda do Paraná ocupa agora o cargo que anteriormente pertencia a Josué Alfredo Pellegrini. Sua nomeação foi muito bem recebida pelas senadoras Simone Tebet (MDB-MS) e Eliziane Gama (Cidadania-MA), ambas representantes da Bancada Feminina do Senado.

 “Nós, enquanto mulheres, temos uma participação majoritária no estudo, nas universidades. Portanto, as mulheres estudam mais no Brasil. Mas infelizmente a maioria absoluta das mulheres recebem, em média, um percentual bem abaixo em relação ao mesmo salário dos homens. E o que nós temos aqui, com a dra. Vilma, é uma mulher que já sofre muito no que se refere, por exemplo, à igualdade salarial, e ainda uma mulher negra, que infelizmente é uma vítima ainda maior, considerando o acesso ao mercado de trabalho e, sobretudo, aos cargos de liderança. Vilma ultrapassa, rompe essas barreiras hoje, ao assumir, de forma muito proeminente e importante, a liderança do IFI”, 

pontuou Gama.

Em sua fala, Tebet completou o discurso de sua colega trazendo competências e o extenso currículo da economista nomeada ao cargo de Diretora: 

O IFI tem cinco anos, tem feito um trabalho ímpar nos que se refere à transparência das contas públicas, como referência de informação para o Brasil. Este é um momento em que nós da bancada feminina temos que dizer ao Senado Federal e ao presidente, Rodrigo Pacheco: muito obrigada. É mais uma conquista,

disse a senadora.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.