Marc Sousa
Fala Marc!

Por Marc Sousa

Política
Marc Sousa

Justiça arquiva pedido de procurador “Lula Livre” contra Sérgio Moro

Procurador que defende Lula nas redes sociais tentou exigir que ex-juiz fosse punido por supostos erros na condução da Lava Jato

Justiça arquiva pedido de procurador “Lula Livre” contra Sérgio Moro
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

9 de setembro de 2021 - 09:08 - Atualizado em 9 de setembro de 2021 - 09:13

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte rechaçou o pedido do procurador Emanuel Melo Ferreira e de seu colega, Luís de Camões Lima Boaventura, que queriam cobrar danos morais coletivos que teriam sido causados por uma suposta atuação antidemocrática de Sérgio Moro na condução da Lava Jato.

O juiz Lauro Henrique Lobo Bandeira entendeu que não faz parte do escopo das funções dos procuradores propor a ação, “a partir da atuação de um único agente, cujo acerto ou desacerto de de seus atos não cabe neste momento valorar”.

Como já mostrou esta coluna, o procurador Ferreira é bastante ativo nas redes sociais. Ele utiliza contas do Twitter e Instagram para expressar sua opinião política. Em março desse ano, por exemplo, ele repostou um post que ele mesmo fez há dois anos, sobre juristas estrangeiros que defendiam a libertação de Lula. Nas publicações que faz, sempre faz questão de deixar claro sua contrariedade ao trabalho o ex-juiz Sérgio Moro. Em abril do ano passado, por exemplo, divulgou uma montagem que mostra o ex-juiz da Lava Jato utilizando a máscara contra Covid-19 de maneira incorreta.