Marc Sousa
Fala Marc!

Por Marc Sousa

Política

14 de julho de 2020 - 20:37

Atualizado em 14 de julho de 2020 - 20:47

Empresários da gastronomia querem debater com Greca novo decreto do Coronavírus

SindiAbrabar e Abrabar querem que estabelecimentos que mantenham distanciamento entre os clientes e respeitem medidas sanitárias possam funcionar em Curitiba.

Marc Sousa
Fala Marc!

Âncora da Jovem Pan Paraná, repórter da Record TV, colunista da TOPVIEW e exclusivo aqui no RIC Mais.

Fala Marc Marc Sousa
Twitter Instagram Facebook
Empresários da gastronomia querem debater com Greca novo decreto do Coronavírus
Divulgação SindiAbrabar

Representantes do setor de bares e restaurantes notificaram hoje a prefeitura de Curitiba para participarem das discussões sobre as novas medidas sanitárias que deverão ser adotadas por causa da pandemia depois do fim da “quarentena restritiva”. A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (ABRABAR) e o Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares de Curitiba (SINDIABRABAR) apresentaram ao prefeito Rafael Greca (DEM) pedidos revindicando a “participação nas discussões das medidas de contenção ao Coronavírus e consequentes impactos à Categoria”. A expectativa é que a administração da capital edite um novo decreto nesta quarta-feira, 15.

A discussão sobre novas medidas recomeçou depois que Ratinho Júnior não renovou o lockdown, chamado de “quarentena restritiva”. O governador repassou aos prefeitos a responsabilidade das medidas sanitárias locais. O presidente da Abrabar, Fábio Aguayo, reforça que a intenção é que os bares com cozinha possam funcionar. “Tem que escutar bares com cozinha, queremos o pessoal sentando” e desabafa “estamos a 28 dias sem funcionar.”