Marc Sousa
Fala Marc!

Por Marc Sousa

Política
Marc Sousa

Aberta a temporada dos dossiês em Curitiba

Nos bastidores políticos é grande a movimentação de informações sigilosas de candidatos à prefeitura

Aberta a temporada dos dossiês em Curitiba

3 de outubro de 2020 - 19:41 - Atualizado em 3 de outubro de 2020 - 19:49

O início do período eleitoral não trouxe só os pedidos de votos, deu largada também as articulações dos famosos dossiês, apanhados de informações que o grande público não conhece dos candidatos. Chama a atenção que a troca de acusações que está se desenhando poderá ser concentrada apenas entre os candidatos que disputam o segundo lugar nas pesquisas, deixando fora o candidato à reeleição Rafael Greca (DEM), que lidera com folga, segundo os levantamentos registrados no TRE até agora.

A disputa pelo passe para um possível segundo turno é o combustível das “caixinhas de maldade”, como as coordenações de campanha costumam chamar esse tipo de ação. Caso a disputa seja liquidada já no primeiro turno, a ideia é garantir uma posição “mais confortável” no segundo lugar da eleição.

O clima esquentou com a divulgação do Índice de Popularidade Digital (IDP), um estudo da consultoria Quaest em parceria com o jornal Folha de São Paulo. O levantamento traz Rafael Greca (DEM), com 64.4 pontos; Goura (PDT), com 63; Marisa Lobo (Avante), com 53,8; Delegado Francischini (PSL), com 50,8. São avaliadas seis dimensões: fama (número de seguidores), engajamento (comentários e curtidas por postagem), mobilização (compartilhamento das postagens), valência (reações positivas e negativas às postagens), presença (número de redes sociais em que a pessoa está ativa) e interesse (volume de buscas no Google, Youtube e Wikipedia).