Política

Ex-presidente Lula diz que foi diagnosticado com Covid-19 em Cuba e fez quarentena no país

No total, nove membros da comitiva de Lula foram infectados, entre eles sua esposa, Rosangela da Silva, a Janja

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Ex-presidente Lula diz que foi diagnosticado com Covid-19 em Cuba e fez quarentena no país
(Foto: Reuters)

21 de janeiro de 2021 - 17:47 - Atualizado em 21 de janeiro de 2021 - 17:47

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que foi diagnosticado com Covid-19 no dia 26 de dezembro e cumpriu o período de quarentena em Cuba. O petista estava na ilha desde o dia 21 de dezembro, para participar do início das gravações de um documentário sobre América Latina, produzido e dirigido pelo cineasta Oliver Stone.

Por estar fora do Brasil, o ex-presidente disse que decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao país, para preservar sua família e dos demais infectados. No total, nove membros da comitiva de Lula foram infectados, entre eles sua esposa, Rosangela da Silva, a Janja. O ex-presidente conta não precisou de internação hospitalar.

Segundo a assessoria do ex-presidente, um dos integrantes da comitiva, o escritor Fernando Morais, ficou internado por 14 dias, por complicações pulmonares. Lula, no entanto, teve “lesões pulmonares compatíveis com broncopneumonia associada à Covid19” detectadas em uma tomografia.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.