Eleições 2020

Médico pré-candidato à Prefeitura de Curitiba, João Guilherme cobra atual gestão: “Onde está o Greca quando tudo está ruim?”

Pré-candidato do NOVO enfatizou que partido não utiliza fundão eleitoral e contará com ajuda de vaquinha virtual para campanha

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Médico pré-candidato à Prefeitura de Curitiba, João Guilherme cobra atual gestão: “Onde está o Greca quando tudo está ruim?”
(FOTO: RICMAIS)

6 de agosto de 2020 - 10:08 - Atualizado em 6 de agosto de 2020 - 10:08

O médico João Guilherme, pré-candidato à Prefeitura de Curitiba pelo partido NOVO, participou nesta quinta-feira (6) da série de entrevistas promovida pelo programa Jornal da Manhã Paraná, da rádio Jovem Pan. O doutor, especialista em cirurgias oftalmológicas, repudiou as atitudes assumidas pelo prefeito Rafael Greca no enfrentamento do coronavírus. 

De acordo com João Guilherme, o atual prefeito foi omisso e assumiu decisões que prejudicaram o avanço da doença pela cidade. Entre os questionamentos, o pré-candidato informou que em abril enviou uma carta para a prefeitura com medidas que ajudariam no controle do vírus, porém, nenhuma delas foi seguida.

“Eu avisei. Em abril deste ano, vendo a situação atual, a gente mandou uma carta ao prefeito, registrada, uma carta que foi publicada na imprensa, que foi divulgada pelos blogs, nos colocando à disposição e dando sugestões para o combate ao coronavírus e que deveriam ter sido adotadas naquela época. E nós vimos que elas nada foi feito. Só foi feito agora, às pressas, quando a covid aumentou a incidência”, comentou João Guilherme.

Entre as sugestões, o pré-candidato contou que estava a ampliação de leitos, com construção de hospital de campanha, testes em massa na população e atenção com o transporte coletivo.

“Infelizmente, a nossa liderança, quem deveria dar o exemplo, que é na verdade não é mais prefeito e sim candidato a reeleição, que é um eterno candidato a prefeitura de Curitiba, ele está exercendo o cargo de maneira eleitoreira. Nós percebemos aqui uma série de ação que resume em omissão e falta de coragem do atual prefeito. Quando tudo estava bem, ele estava em todas as lives de Curitiba, quando tudo estava bem, ele estava dando entrevista, falando do passarinho, do equilíbrio da asa da economia e da saúde. E sabe o que ele fez, ele deu um tiro no passarinho. Ele não cuidou da saúde da cidade, ele não cuidou da economia da cidade”, reforçou o pré-candidato.

Apesar das críticas à gestão, João Guilherme destacou o trabalho dos profissionais. “A Prefeitura de Curitiba tem bons quadros, bons profissionais, estão se dedicando muito. Pessoal que está na linha de frente está de parabéns. Ontem mesmo a gente assistiu uma live onde percebemos uma comoção muito grande do falecimento de um ex-diretor da Guarda Municipal, essas pessoas estão realmente comovidas e fazendo a sua parte na Prefeitura. Essa é uma atitude que devemos enaltecer e dizer parabéns”, enfatizou.

Campanha com dinheiro de vaquinha virtual

O pré-candidato do partido NOVO, João Guilherme, participou como candidato a vice da chapa de Ney Leprevost, na última eleição à Prefeitura de Curitiba. Questionado sobre ser um possível laranja que trabalharia a serviço do político, o médico foi incisivo “de laranja no partido apenas as cores […] sou candidato”.

Sem perspectiva de utilizar dinheiro do fundão eleitoral, João Guilherme declarou que pretende contar com  ajuda popular para financiar a campanha. Para isso, será criada uma vaquinha virtual para pessoas físicas, que pode contar com a participação de empresários da capital.

O projeto do mandato também contaram com a ajuda popular, segundo o pré-candidato. A vice da chapa será a empreendedora social Geovana Conti. Confira a entrevista completa:

O Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan Curitiba, entrevistará os principais pré-candidatos a prefeitura da capital paranaense diariamente, a partir das 7h, até o dia 14 de agosto. As entrevistas serão conduzidas pelos jornalistas Marc Sousa, Rafaela Moron e Djonatas Terribas. Confira: