Eleições 2020

Eleitores reclamam de longas filas em zonas eleitorais de Curitiba

Caso o eleitor não consiga resolver o problema com nenhum dos canais indicados acima, a orientação é que se dirija ao seu local de votação antigo para buscar mais informações sobre possíveis mudanças

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Eleitores reclamam de longas filas em zonas eleitorais de Curitiba
Foto: Thais Travençoli, da RIC Record TV

15 de novembro de 2020 - 12:37 - Atualizado em 15 de novembro de 2020 - 15:26

Algumas zonas eleitorais de Curitiba foram marcadas por longas filas na manhã deste domingo (15), durante as eleições 2020 para vereadores e prefeitos.

No Colégio Positivo, a fila para eleitores que não sabiam o endereço de votação era grande. No local, diversos paranaenses também alegaram não conseguir acessar as informações pelo aplicativo e-título, que está passando por instabilidade devido a quantidade de acessos simultâneos.

No Colégio Ermelino de Leão, no Boa Vista, a fila também chamou atenção:

De acordo com a aposentada Maria Aparecida Gaspar, de 72 anos, é a primeira vez que vê uma fila tão grande no local.

“Eu moro aqui do lado (…). Eu cheguei aqui agora e vi essa fila, aí eu fui perguntar ali pra moça, mas ela atende dez pessoas de uma vez. (…). Eu não vim comprar nada, não vim pedir nada. Eu vim aqui fazer um favor pra votar pro meu país. (…). Eles não merecem o voto da gente, não facilitam nada”, disse a eleitora indignada.

No Colégio João Paulo I, no bairro Boa Vista, a eleitora Jane Maria de Souza também relatou problemas.

“Passei a semana toda verificando pelos canais que foram disponibilizados para informações. Cheguei pra votar na zona e seção informados e não existia mais essa seção. Tive que voltar pra casa e ligar no 0800 para descobrir que é no mesmo colégio, mas só mudou a seção. As pessoas que estão ali para auxiliar não souberam me informar onde estava a seção. Tinha muita gente reclamando e desistindo de votar”, explicou Jane Maria.

Aplicativo e-título enfrenta instabilidade

Entre as principais queixas dos eleitores estão a falha na tentativa de justificar o voto e na busca para identificar o local correto de votação, tendo em vista que muitas zonas foram alteradas para evitar aglomerações.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a instabilidade no uso do aplicativo e-título acontece em razão do excesso de acessos. Até às 8h30, cerca de 400 mil eleitores já usaram o aplicativo.

“A área técnica do TSE informa que pode haver instabilidade momentânea no uso do e-Título em razão do excesso de acessos. Caso o eleitor tenha alguma dificuldade, a orientação é fazer novamente em alguns minutos. Até as 8h30 deste domingo, cerca de 400 mil eleitores já justificaram ausência pelo aplicativo. Para justificar, é preciso estar fora do domicílio eleitoral e o aplicativo faz a verificação por georreferenciamento. Além do aplicativo, a Justiça Eleitoral tem ainda o Tira-Dúvidas Eleitoral que permite consulta a local de votação e outros serviços”.

Outros canais de comunicação

Caso o eleitor não consiga obter as informações que precisa pelo aplicativo e-título, a orientação é que tente utilizar os canais abaixo:

Ainda de acordo com o TSE, caso o eleitor não consiga resolver o problema com nenhum dos canais indicados acima, a orientação é que se dirija ao seu local de votação antigo para buscar mais informações sobre possíveis mudanças.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.