Política

Direção da CPI da Covid acusa ministro da Saúde de obstruir investigações

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que a pasta estava omitindo documentos já pedidos pelo grupo de senadores

Reuters
Reuters
Direção da CPI da Covid acusa ministro da Saúde de obstruir investigações
CPI da Covid no Senado

25 de junho de 2021 - 14:38 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 15:10

BRASÍLIA (Reuters) – A reunião da CPI da Covid no Senado não havia nem sequer sido aberta nesta sexta-feira (25) e já era iniciada mais uma polêmica, quando o presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM), acusou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, de atrapalhar as investigações.

Em seguida, o vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que a pasta estava omitindo documentos já pedidos pelo grupo de senadores.

Na mesma linha, o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que a CPI aprovou requerimentos de informação sobre vacinas e expediu ofício há 25 dias ao ministério, sem obter resposta. Para o parlamentar, a falta de respostas pode configurar manobra obstrutiva e protelatória do governo.

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), pediu a palavra para assegurar que a orientação do ministro Marcelo Queiroga é de prestar todas as informações solicitadas.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Ricardo Brito)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.