Notícias

Dilma perde lugar para Japonês da PF e Sérgio Moro na festa de Olinda

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

8 de fevereiro de 2016 - 00:00 - Atualizado em 8 de fevereiro de 2016 - 00:00

O domingo de carnaval foi de muita animação e criatividade nos principais pontos de folia no Estado de Pernambuco. Foi também marcado pelo anúncio feito pelo empresário Leandro Bezerra de Castro, que comanda a Embaixada dos Bonecos Gigantes. Ele confirmou ter desistido de levar para a folia de Olinda a boneca feita em homenagem à presidente Dilma Rousseff. O desfile aconteceu na manhã desta segunda-feira (8).

A razão, segundo Castro é a “baixa popularidade” enfrentada pela petista. “Muita gente me falou que achava que se levássemos a Dilma iríamos ter problemas com vaias e talvez até outras coisas mais graves. Então, para evitar a polêmica decidi que ela não vai desfilar”, destacou. No ano de 2015, a gigante Dilma também acabou ficando de fora da festa.

Este ano, serão 80 bonecos gigantes participantes do desfile, que percorre o sítio histórico de Olinda, ao som da Orquestra de Frevo de Pernambuco. Entre os estreantes estão o agente da Polícia Federal, Newton Ishii, o “Japonês da Federal”, e o juiz federal Sérgio Moro, à frente da operação Lava Jato.