Política

CPI da Covid aprova tornar Pazuello, Queiroga, Araújo e mais 11 investigados

Em visita ao Rio de Janeiro, o ministro da Saúde afirmou que não vê problema em ser investigado

Reuters
Reuters
CPI da Covid aprova tornar Pazuello, Queiroga, Araújo e mais 11 investigados
Reunião da CPI da Covid-19

22 de junho de 2021 - 13:00 - Atualizado em 22 de junho de 2021 - 13:19

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – A CPI da Covid do Senado aprovou nesta terça-feira (22) a sugestão apresentada na semana passada pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL) para transformar de testemunhas em investigados o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga, o ex-chanceler Ernesto Araújo e outras 11 pessoas.

A lista de nomes foi divulgada por Renan na sexta-feira e colocada em votação na CPI nesta terça após senadores governistas terem questionado que a relação não havia sido aprovada pelo plenário da comissão.

Na semana passada, em entrevista coletiva, Renan disse que Queiroga se tornaria investigado “para entender que não pode continuar ou concordar com atrocidades diárias do presidente da República”.

Em visita ao Rio de Janeiro, o ministro da Saúde afirmou que não vê problema em ser investigado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.