Política

Acordos assinados por Donald Trump que envolvem Brasil não devem ser rompidos

Um dos acordos é de facilitação de comércio

Carol
Carol Machado / Estagiária da equipe de estágio sob supervisão de Guilherme Barchik com informações do portal R7
Acordos assinados por Donald Trump que envolvem Brasil não devem ser rompidos
REUTERS/Carlos Barria

9 de fevereiro de 2021 - 09:13 - Atualizado em 9 de fevereiro de 2021 - 09:13

Os acordos assinados pelo ex-presidente Donald Trump (Republicanos) no aspecto da relação bilateral Brasil-Estados Unidos devem permanecer. O atual presidente, Joe Biden (Democrata) não deve rompe-los.

Segundo os interlocutores, alguns encontros de diversos níveis já aconteceram entre as duas administrações e que a relação com o governo de Biden é considerada “boa”.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, não há nenhum indicio, que os acordos assinados por Trump serão analisados ou reparados por Biden.

Um dos acordos é de facilitação de comércio por meio de redução da burocracia em trâmites aduaneiros. O texto do acordo possui itens sobre a facilitação de comércio e cooperação aduaneira, boas práticas regulatórias e medidas anticorrupção. Nele há medidas para desburocratizar os procedimentos de importação e exportação de bens e serviços entre os dois países.

Os integrantes da política externa brasileira estão aguardando mais conversas no grupo de trabalho entre Brasil e Estados Unidos sobre meio ambiente. O governo americano já sinalizou que o tema é prioridade.

A expectativa é que o acordo do Mercosul com a União Europeia, seja assinado neste ano. O acordo deve eliminar as tarifas de importação para mais de 90% dos produtos comercializados entre os dois blocos.

Já para os produtos que não terão as tarifas eliminadas, serão aplicadas cotas preferenciais de importação com tarifas reduzidas. O procedimento de eliminação de tarifas pode variar de acordo com cada produto e deve levar até 15 anos contados a partir da entrada em vigor da parceria intercontinental.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.