Notícias

Polícia recomenda comunicação imediata de desaparecimentos de crianças

O registro do boletim de ocorrência na delegacia mais próxima deve ser o primeiro passo para o início da busca pela vítima

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da PCPR
Polícia recomenda comunicação imediata de desaparecimentos de crianças
(Foto: Divulgação/PCPR)

25 de maio de 2021 - 22:15 - Atualizado em 25 de maio de 2021 - 22:15

No Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, data relembrada nesta terça-feira (25), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) recomendou a comunicação imediata de desaparecimento de crianças.

De acordo com a delegada Patrícia Paz, a PCPR deve ser notificada assim que o desaparecimento for percebido. Informações sobre horário de desaparecimento, local e roupa utilizada pela criança são fundamentais para iniciar a investigação. Uma das primeiras ações dos policiais civis é divulgar a imagem da criança desaparecida.  

“Os primeiros minutos são cruciais. A velocidade na comunicação pode acelerar a localização da criança. Se acaso a vítima for encontrada também pedimos para um familiar dar a baixa no boletim de ocorrência” 

explica a policial

Em 2020, 169 crianças desapareceram no estado e todos os casos foram solucionados.  

O Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas da PCPR apura todos os registros de desaparecimento de crianças feitos no Paraná. Atualmente, existem 27 inquéritos em andamento para localização de crianças. O desaparecimento mais recente ocorreu em 2017 e o mais antigo data de 1986.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.