Notícias

Polícia encontra R$ 4 mil no bolso de Lázaro e investiga rede de apoio

Há indícios de que ele recebia ajuda em sua fuga e a polícia procura os suspeitos

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações da RIC Record TV
Polícia encontra R$ 4 mil no bolso de Lázaro e investiga rede de apoio
(Foto: Reprodução)

28 de junho de 2021 - 12:23 - Atualizado em 28 de junho de 2021 - 12:23

A Polícia Civil de Goiás informou, em coletiva de imprensa, que cerca de R$ 4 mil foram encontrados no bolso de Lázaro Barbosa, de 32 anos, morto em confronto com as forças policiais nesta segunda-feira (28). A polícia deve investigar a rede de apoio que colaborou com a fuga de Lázaro, que ficou foragido por 20 dias.

De acordo com o secretario de segurança do estado, Rodney Miranda, Lázaro agia com a colaboração de mais pessoas.

“Ele estava trocando de roupa, isso é mais uma prova de que ele estava sendo acobertado. Não tem indicativo que ele usava carro, ele andava a pé. Tinhamos mandados a serem cumpridos. Hoje vamos sentar com a equipe para ver quais serão os próximos passos. Se ficar comprovado, quem fez algum tipo de facilitação será indiciado e preso.”

Segundo o secretário, a ex-mulher e a ex-sogra de Lázaro estão sendo ouvidas nesta segunda-feira pela polícia. O fazendeiro Elmi Caetano também é suspeito de acobertar Lázaro e já está preso desde a semana passada.

“Estão sendo ouvidos. Tem gente que deu cobertura pra ele. É um absurdo tentar evitar que a polícia e que a justiça cheguem a um sujeito de alta periculosidade. Só pode ser porque foram parceiros em outros crimes.”, afirmou Miranda.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.