Notícias

Polícia busca por segundo suspeito do assassinato de jovem no Batel

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

26 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2019 - 00:00

Polícia pede ajuda para encontrar o rapaz vestido de branco. (Foto: Reprodução/RICTV)

A imagem do suspeito foi divulgada nesta terça-feira(26) para que a população possa ajudar encontrá-lo; o número do Disque Denúncia é 0800 643 1121

Nesta terça-feira (26), durante uma coletiva de imprensa que apresentou o primeiro suspeito preso pelo assassinato de Welington Moreira Bueno, 21 anos, ocorrido na madrugada do dia 19 de janeiro de 2018 na Rua Coronel Dulcídio, proximo a Praça da Espanha, no bairro Batel, em Curitiba, a Polícia Civil divulgou imagens de um segundo suspeito e solicitou ajuda da população para encontrá-lo. O rapaz procurado é Raul Reis, 19 anos, que teria sido o autor dos disparos.

Detido, Bruno Eduardo Tavares Freitas, 21 anos, nega sua participação no crime. “Eu nem sei de nada, eu bem conheço esse cara. Eu nunca nem vi”, disse o suspeito que possui passagens pela polícia por crimes de porte e tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, furto e violação de domicílio.

“Nós estamos divulgando as imagens justamente na tentativa de que ela seja localizada o quanto antes”, declarou a delegada Tatiana Guzella, responsável pelo caso.

Bruno, à esquerda e de preto, já está preso, enquanto Raul, à direita e de branco, é procurado. (Foto: Reprodução/RICTV)

Vídeos que mostram a movimentação dos suspeitos

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também divulgou vídeos onde os dois suspeitos – Bruno e Raul – aparecem no posto localizado na Rua Coronel Dulcídio, a poucos metros de onde Welington foi morto, o que comprova suas presenças no local. “Acreditamos que nos próximos momentos, após divulgarmos as imagens, as filmagens, que estamos abrindo para a imprensa, o paradeiro desse segundo investigado seja nos fornecido via 0800, por isso a importância da divulgação desse caminho de denúncia totalmente anônimo aqui da DHPP”, explicou a Guzella.

Na ocasião do crime, Welington andava ao lado de uma garota, um pouco afastado do grupo de amigos, quando ambos foram surpreendidos pelos autores do crime. Segundo a jovem, eles teriam empurrado ela para o lado e efetuado os disparos.

Assassinato por vingança

De acordo com a investigações, a vítima e os dois suspeitos teriam se envolvido em uma briga cerca de um mês antes do crime. “Se sabe através de diversos testemunhos sigilosos de que, em torno de um mês antes, os dois autores e a vítima teriam tido uma briga com agressões físicas de proporções leves  aproximadamente um mês antes do crime. Acreditamos que a morte de Welington tenha sido por vingança devido a essa briga”, disse a delegada.

Welington não resistiu aos ferimentos e morreu no local. (Foto: Reprodução/RICTV)

Ainda conforme a DHPP, a vítima não possuía antecedentes criminais.

Vídeo que mostra o assassinato

Outro vídeo divulgado pela polícia, mostra o exato momento em que Welington é atingido por quatro disparos de arma de fogo.

O número do Disque Denúncia é 0800 643 1121

Leia também:

Jovem é morto com tiros na Praça da Espanha em Curitiba

Familiares fazem protesto por morte de jovem na Praça da Espanha em Curitiba

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.