Notícias

PM detém envolvidos em execução de ex-policial no Sudoeste do Paraná

Gilberto Dalmazo estava trabalhando como motorista de aplicativo na região de Chopinzinho

Kellee
Kellee Imperator / Estagiária
PM detém envolvidos em execução de ex-policial no Sudoeste do Paraná
(Foto: Evandro Artuzi)

28 de maio de 2021 - 12:11 - Atualizado em 28 de maio de 2021 - 12:11

Um ex-policial que trabalhava como motorista de aplicativo foi executado com um tiro na cabeça e teve o carro levado por bandidos, na cidade de Chopinzinho. Os suspeitos foram detidos após uma ação de equipes da Polícia Militar em conjunto com uma equipe do Batalhão de Pato Branco.

Por volta das 13h de quinta-feira (27), um morador encontrou o corpo de um homem em uma estrada rural que liga a comunidade de Lagoão, vila rural, até a PR – 281, no Distrito de São Francisco. A vítima foi identificada com Gilberto Dalmazo, ele era ex-policial militar, casado e pai de dois filhos.

A princípio, o caso foi registrado como latrocínio, roubo seguido de morte, mas após a localização dos envolvidos a polícia pode desvendar o caso, que poderia se tratar de uma execução encomendada por vingança.

Após o carro da vítima ter sido localizado na cidade de Dois Vizinhos, as equipes da PM intensificaram as buscas na região com o auxílio de uma equipe do Batalhão de Pato Branco. Foram detidos três adolescentes e um homem, maior de idade, que seria o mandante do crime.

(Fonte: Polícia Militar)

O crime

A polícia constatou que após uma adolescente solicitar uma corrida por aplicativo, a qual a vítima era o motorista, eles seguiram por cerca de 3 km por uma estrada rural onde encontraram uma barreira com pedras para forçar a vítima a parar.

A barreira foi feita por outros dois adolescentes que ficaram escondidos no meio do mato, próximo da estrada, aguardando. Quando o ex-policial parou o carro e desceu para retirar as pedras foi atingido na cabeça por um disparo de espingarda calibre 22.

O tiro foi disparado por um dos menores, que entrou no carro e seguiu em direção a Dois Vizinhos, onde abandonaram o veículo.

O casal de menores foi localizado em um táxi na PR-281 entre os municípios de Dois Vizinhos e São Jorge D’Oeste. Eles confessaram a participação no crime e revelaram o nome do outro menor e de um homem maior de idade.

Os suspeitos informaram ter recebido R$ 1 mil cada um para executar Gilberto Dalmazo. A encomenda do crime seria uma vingança do homem, maior de idade, que teve os filhos presos por Dalmazo na época em que exercia a função de policial militar em Chopinzinho.

A arma utilizada foi apreendida e os envolvidos detidos e levados ao Batalhão da PM, em Pato Branco.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.