Notícias

Plantio de soja avança para 88% da área no Paraná; tem melhor ritmo desde 2016

Reuters
Reuters
Plantio de soja avança para 88% da área no Paraná; tem melhor ritmo desde 2016
Caminhão carrega soja em fazenda em Porto Nacional (TO)

9 de novembro de 2021 - 14:42 - Atualizado em 9 de novembro de 2021 - 14:45

SÃO PAULO (Reuters) – O plantio de soja do Paraná, um dos maiores produtores de soja do Brasil, atingiu 88% da área projetada, no ritmo mais acelerado para a época desde 2016, de acordo com dados do Departamento de Economia Rural (Deral) divulgados nesta terça-feira.

As chuvas foram abundantes este ano, diferentemente de 2020, quando atrasaram e resultaram em problemas para a safra. A umidade permitiu que produtores acelerassem o plantio, um sinal positivo também para a segunda safra de milho, semeada após a colheita da oleaginosa.

“De forma geral está tudo tranquilo, as chuvas aconteceram em todas as regiões… a safra vem vindo bem”, afirmou o economista do Deral Marcelo Garrido.

O Estado espera colher 20,8 milhões de toneladas do grão na safra 2021/22, alta de 5% no volume em relação à temporada passada.

O departamento informou que 96% das lavouras estão em boas condições.

“Os 4% que estão em média (condição) é até questão de excesso de chuvas, teve alguns replantios pontuais, mas de forma geral a safra está bem”, comentou.

O ritmo de plantio atual só perde para os 89% registrados no mesmo período de 2016, estando à frente dos 80% de 2017, dos 76% de 2018 e 79% de 2019.

Já a colheita de trigo do Paraná está na reta final, com os trabalhos concluídos em 93% da área, enquanto 79% das lavouras estão em boas condições e 21% em média.

O plantio de milho primeira safra também está praticamente finalizado, disse o Deral, apontando 98% da área plantada.

(Por Roberto Samora)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHA8108-BASEIMAGE