Notícias

Pinhais: moradores pedem por segurança na Rodovia João Leopoldo Jacomel

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 24 de novembro de 2018 - 00:00

Moradores de Pinhais fecharam a Rodovia João Leopoldo Jacomel na manhã deste sábado pedindo por segurança para os pedestres, entenda! (Foto: Ricardo Vilches/RICTV Curitiba)

Nesta sexta-feira (23), uma criança foi atropelada em cima da faixa após um automóvel furar o sinal vermelho na João Leopoldo Jacomel

Um protesto pedindo por segurança fechou a Rodovia João Leopoldo Jacomel, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na manhã deste sábado (24). No início da tarde de sexta-feira, um menino de 11 anos foi atropelado após um automóvel furar o sinal vermelho.

Acidentes aumentaram após revitalização da João Leopoldo Jacomel

De acordo com moradores, após a reforma da rodovia os acidentes se tornaram frequentes e, mesmo com diversas reclamações registradas, as autoridades não tomaram providências. Segundo eles, as lombadas foram retiradas e, desde então, muitos acidentes e atropelamentos vêm ocorrendo.

O protesto deste sábado é para pedir que sejam tomadas providências a respeito da falta de segurança na Rodovia João Leopoldo Jacomel.

Os moradores pedem por segurança na Rodovia João Leopoldo Jacomel (Foto: Ricardo Vilches/RICTV Curitiba)

Criança atropelada na faixa de pedestres em Pinhais

A criança e a avó atravessavam a rodovia em cima da faixa de pedestres quando foram atingidos por um carro que furou o sinal vermelho. Conforme testemunhas, o condutor chegou a parar o automóvel, mas fugiu do local após ser ameaçado por pessoas que queriam linchá-lo.

O menino precisou ser socorrido por médicos do SAMU e foi encaminhado para o Hospital do Trabalhador em estado grave. Ele passou por duas cirurgias na tarde de sexta-feira e permanece internado em estado grave.

O homem, que é morador de Piraquara -cidade vizinha a Pinhais- chegou a ser preso, mas foi liberado em seguida. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.