Notícias

PF abre inquérito contra Pazuello por suposta omissão em Manaus, diz fonte

Reuters
Reuters
PF abre inquérito contra Pazuello por suposta omissão em Manaus, diz fonte
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em Manaus

29 de janeiro de 2021 - 16:54 - Atualizado em 29 de janeiro de 2021 - 16:55

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – A Polícia Federal abriu inquérito contra o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, por suposta omissão na gestão da pandemia da Covid-19 em Manaus, disse uma fonte com conhecimento do assunto nesta sexta-feira.

Agora a PF vai cumprir as diligências determinadas pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que havia determinado o início da investigação na segunda-feira, após pedido feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras.

Entre as diligências a serem cumpridas pelos policiais por ordem do STF, está o depoimento de Pazuello. Ele terá a prerrogativa de marcar dia e hora para se pronunciar sobre o caso. Na decisão, Lewandowski havia dado cinco dias para que Pazuello deponha, contados a partir da sua intimação.

A investigação que corre sob sigilo ficará a cargo do Serviço de Inquérito da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor) da PF, que terá 60 dias para concluir as apurações, disse a fonte.

Pazuello terá de responder, por exemplo, sobre a atuação do ministério diante da segunda onda da Covid na capital do Amazonas, com explosão de casos, superlotação dos hospitais e falta de oxigênio, o que levou alguns pacientes hospitalizados a morrerem sufocados.

Essa é a primeira investigação criminal contra uma autoridade federal em razão da pandemia de Covid-19, e significa também um revés para o presidente Jair Bolsonaro, que vem elogiando publicamente a atuação de Pazuello e registrou queda recente em sua popularidade em meio ao recrudescimento do novo coronavírus no país.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0S1L0-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.