Mundo dos Pets

Sphinx: saiba o que você precisa saber sobre a raça

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação Jornalista e diretora do @canaldeestimacao
Sphinx: saiba o que você precisa saber sobre a raça

7 de junho de 2021 - 00:00

Você já deve ter se deparado com pelo menos uma foto do Sphynx, ou, seu apelido mais popular, o Gato Pelado. Inconfundíveis, eles costumam ter uma aparência diferente dos gatinhos mais comuns, com pelos curtos ou longos. Os Sphynx tem orelhas grandes e muitas dobrinhas de pele que substituem  os pelos. São amáveis, dóceis e muito brincalhões. Quer conhecer mais sobre a raça? Então continue lendo esse artigo.

Origem do gato pelado

O primeiro gato pelado nasceu em uma ninhada no Canadá em 1966.  Na ninhada seguinte da mesma gata, o fenômeno voltou a acontecer. Estes gatos nus foram utilizados em cruzamentos e deram origem a uma nova raça felina. Atualmente, tem caído nas graças de muitos amantes de pet.

Características físicas do gato pelado

Apesar de serem popularmente conhecidos como gatos pelados, os Sphynx não são completamente sem pelos. O corpo dos gatos dessa raça apresenta uma camada de pelo bem fininha, quase  imperceptível a olho nu. 

O Sphynx é um gato de corpo musculado e de ossatura muito forte. Sua cabeça é angulosa, como um triângulo, e seu nariz é largo e curto. Além disso, tem olhos grandes e expressivos. Sua temperatura corporal costuma ser mais alta do que a dos gatos, podendo chegar a 39 graus. Digamos que, se escolher esse bichinho, vai ter uma companhia bem quentinha para passar o dias. 

Outra característica comum dos gatos pelados é a fome. Os animais dessa raça costumam ter o metabolismo acelerado, por isso, costumam comer mais do que os outros gatos. Para te ajudar com uma dieta equilibrada para seu bichinho, o ideal é que você procure um veterinário. Assim, não corre o risco de ter um gato pelado com sobrepeso ou a saúde comprometida.  Você também pode optar por rações especiais para essa raça.

Cuidados com os gatos pelados

Banho – Diferente dos outros gatos, o Sphynx precisa tomar banho com frequência, de duas a três vezes por semana. Por não terem pelos, o corpo produz muita gordura que pode deixar um rastro indesejável nos seus móveis e por onde ele passa.

Temperatura – Sem a camada de pelo que protege do sol e de outros agentes externos, você precisa ficar atento a longas exposições ao sol, que podem causar queimaduras. Ou ainda, a possíveis umidades que ajudam na proliferação de fungos na pele do gato. Em dias ou ambientes mais frios, você pode ajudar a aquecer o gatinho com roupas especiais. 

Hora do sono – Você pode preparar também uma caminha para o seu gato sem pelo com manta ou tecido, tanto para proteger do frio, quanto de possíveis feridas devido ao contato com a superfície. 

Atenção!! Apesar de não ter pêlos, o Sphynx pode dar alergia em algumas pessoas. Isso porque, mesmo sem pelagem eles produzem a proteína responsável por causar os sintomas indesejados, como espirros, inchaço nos olhos e coriza. 

Fonte: Cobasi

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.