Mundo dos Pets

Ração light: quando ela é necessária?

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação @paulinemachadooficial
Ração light: quando ela é necessária?

15 de junho de 2021 - 00:01

Quando é necessário adotar a ração light na alimentação do seu pet?

Adotar a ração light na dieta do seu pet pode ser uma atitude bastante assertiva. No entanto, é importante saber quando ela é necessária. Quer saber melhor sobre esse tipo de refeição, quais são seus benefícios e quando ela é indicada? Vamos lá!

Qual a diferença da ração light para a tradicional?

A alimentação é algo que preocupa os tutores de pet. É necessário oferecer ao animal uma refeição nutritiva, que o mantenha saudável e forte. Por isso, saber a diferença entre a ração light e a tradicional é bastante importante. 

A maior diferença entre às duas é que a light é criada com pouca concentração de calorias. No entanto, vale considerar que quando se trata do valor nutricional ambas tem a mesma quantidade. Ou seja, às duas são igualmente ricas em nutrientes. 

Como saber se meu pet precisa da ração light?

Conte sempre com um veterinário de sua confiança

Por contar com uma quantidade reduzida de calorias, esse tipo de ração pode ser incluída na alimentação do seu pet em dois cenários:

  • Manutenção do peso: com essa alimentação, você ajuda o seu cachorro a se manter no peso ideal. Ou seja, não é necessário identificar o sobrepeso para, depois, pensar em uma dieta. Assim, ele permanece saudável, com uma dieta balanceada, rica em nutrientes e com o peso adequado para a raça. 
  • Dieta: neste caso, a adesão da ração light é para quando o seu pet já está sobrepeso de até 15% acima do seu peso ideal. Com essa alimentação e alguns passeios diários, os cães conseguem com o tempo ir perdendo peso até se enquadrar novamente no peso da raça. 

Uma dica importante: se o seu cão tem predisposição à obesidade e ultrapassou a margem de 15% acima do peso ideal, é importante que você procure o veterinário de sua confiança. Assim, um especialista poderá compreender melhor o quadro do seu pet e indicará formas específicas para a perda de peso.

Como introduzir a dieta no meu pet?

Garanta uma vida saudável para o seu amigão!

Assim como em nós humanos, o início da dieta pode não ser fácil. É preciso pensar em uma alimentação saudável e que nos mantenham saciados, enérgicos e dispostos.

Para o seu pet isso não é diferente. Procure montar um plano de transição de  alimentação, substituindo a ração gradualmente. Por exemplo, a cada dia aumente 10% de ração light na alimentação, até o décimo dia, quando a troca será completa.

Algumas dicas

  • Procure marcas semelhantes às utilizadas anteriormente;
  • Escolha o sabor que agrada o seu cachorro;
  • Verifique o valor energético de cada refeição;
  • Estimule atividades físicas e brincadeiras para contribuir com a dieta;
  • Perceba nos primeiros dias se seu cachorro está se adaptando bem.

Em alguns casos, a ração light também é indicada para cachorros castrados, isso graças a sua composição de nutrientes. Se for o caso do seu pet, verifique se essa dieta pode ser boa para ele. E lembre-se sempre: a alimentação é um fator muito importante, por isso, é importante estar atento nos sinais do seu pet. 

Fonte: Cobasi

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.