Mundo dos Pets

8 dicas para evitar que o seu cão faça xixi pela casa

Veja como você pode ajudar o seu cão a ter disciplina e fazer xixi sempre no mesmo lugar.

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação Jornalista e diretora do @canaldeestimacao
8 dicas para evitar que o seu cão faça xixi pela casa

6 de agosto de 2020 - 15:40 - Atualizado em 31 de agosto de 2020 - 08:26

Cachorro urinando em todos os lugares com certeza é uma dor de cabeça para muita gente.  Afinal, chegar em casa e se deparar com o mau cheiro do xixi do seu pet não é das melhores coisas do mundo!

Pensando em lhe ajudar, conversei com o Médico Veterinário David Filinto da Silva, que nos trouxe algumas dicas para evitar esse problema, tanto na fase filhote, quanto na fase adulta do seu pet. Acompanhe!

1 – Deixe um banheiro separado

O seu pet precisa de um local específico para fazer xixi e cocô. De preferência, esse local deve ser bem longe de onde ele faz suas refeições e de onde dorme. Tudo isso por questões higiênicas e de conforto ao pet.

O local estabelecido deve ter uma mudança de textura, por isso, a tática de colocar um jornal é válida, assim, o cachorro consegue entender a mudança entre o piso e o jornal.

2 – Mostre – lhe onde fica o banheiro

Quando o local onde seu cachorro vai fazer xixi estiver pronto, você deve levá-lo até lá e apresentá-lo ao novo banheiro. Fique com ele no ambiente para ele perceber a diferença na textura do piso. Isso deve ser feito algumas vezes para que ele possa acertar o local correto. Portanto, sua participação e paciência nesta etapa são fundamentais.

3 – Quando ele acertar, comemore!

Quando o pet finalmente acertar o local para fazer xixi, é hora de comemorar. Isso chama- se reforço positivo e costuma funcionar nessas situações. Esse reforço pode ser feito com palavras entusiasmadas, com carinho ou com um petisco para o cão.

Nas primeiras vezes que ele acertar o local, e você fizer isso, em pouco tempo ele vai associar que o xixi por ali lhe garante benefícios, e, com o tempo, esse hábito passará a ser natural.

4 – Se ele não fez no local certo não dê bronca

Sabemos que ao ver o xixi pela casa seu primeiro impulso é a de dar uma bronca daquelas em seu cachorro, mas, não faça isso. Para ele, a sua bronca será sinal  de atenção, e então, ele pode continuar fazendo isso repetidas vezes. 

A melhor coisa para se fazer nesse momento é ignorar seu cachorro, não falar nada, e até mesmo evitar olhar para ele. Volte a dar atenção somente quando ele acertar o local para fazer xixi.

5 – Tire os tapetes

Um dos locais preferidos dos cachorros para fazer xixi, sem dúvidas é o tapete. Tudo porque o local é parecido com grama ou terra, e ele vai achar que está liberado fazer as necessidades. Portanto, quando estiver com um cão filhote, retire todos os tapetes até ele entender onde é o seu banheiro. Acredite: isso vai evitar muita dor de cabeça para você.

6 – Use o próprio xixi como artifício

O próprio xixi do animal pode ser utilizado como antídoto nessa situação. Isso mesmo! Utilizar jornais já com urina pode fazer com que o pet entenda que ali é o local correto de fazer xixi. Essa é uma dica que costuma funcionar com filhotes e cachorros adultos.

7 – Castração

Agora, se você já fez de tudo e tentou todos os meios possíveis e nada funcionou talvez seja a hora de tomar uma atitude mais direta: a castração,  pois, os machos, por exemplo, têm por instinto, o hábito de marcar território urinando por todos os lugares.

8 – Idade

A idade do cão pode influenciar no resultado da castração.

Os cães ainda jovens submetidos a castração deixam de demarcar território e em muitos casos jamais erguem a perninha para urinar em todos os lugares.

Já com os cães mais velhos isso pode acontecer, porém, o resultado pode ser diferente do esperado já que temos outros fatores influenciando na demarcação, e um deles é o costume que o animal adquiriu por repetição de movimento e memória.

Então, se for decidir para realização da castração, que seja o quanto antes e de preferência ainda jovem.

Em qualquer uma das situações, procure um veterinário da sua confiança antes de levar o seu amigão para castrar.