Mundo dos Pets

​10 alimentos tóxicos que você não deve dar ao cão

Pauline
Pauline Machado / Canal de Estimação @paulinemachadooficial
​10 alimentos tóxicos que você não deve dar ao cão

8 de junho de 2021 - 00:00

Muitos tutores de cães sabem bem que o chocolate pode causar problemas graves para os cães. No entanto, há uma série de alimentos comuns que você provavelmente tem em casa e que podem causar problemas graves para seu pet. Como talvez haja outros alimentos e itens na residência que você não deva dar ao cão, consulte o médico-veterinário antes de dar ao cão qualquer coisa além da comida habitual.

Adoçante artificial

Xilitol é um adoçante artificial encontrado em goma de mascar, manteiga de amendoim sem açúcar, pasta de dente e outros produtos e deriva de árvores de madeira de lei. O consumo excessivo de xilitol pode causar inchaço, flatulência e diarreia em seres humanos – mas para cães, xilitol é tóxico. É importante manter produtos que contenham xilitol longe de onde o cão possa comê-los, mesmo acidentalmente.

Álcool

Diferentemente dos seres humanos, os rins dos cães não conseguem processar álcool de maneira efetiva, o que pode causar problemas médicos. Água fresca e limpa é sempre o melhor para o cão.

Abacates

Não é a carne do abacate, e sim o caroço, a casca e as folhas o que pode prejudicar o cão. Eles contêm uma substância chamada persina, que causa vômitos e diarreia.

Cafeína

Embora não seja tóxica para cães, a cafeína tem o mesmo efeito sobre eles do que para seres humanos – e como eles são mais sensíveis a esses efeitos, ela pode ser muito desagradável e desconfortável para eles. Mesmo consumindo apenas uma pequena quantidade de cafeína, o cão pode ficar hiperativo ou começar a ter tremores.

Chocolate

Está bem documentada a alta toxicidade do chocolate para os cães. Isso acontece porque contém teobromina, um estimulante que interrompe os processos metabólicos do cão. O chocolate amargo e o chocolate culinário são especialmente ricos em teobromina, tornando-se ainda mais perigosos para os cães. Dependendo da quantidade consumida, um cão pode sofrer com mal-estar estomacal, problemas cardíacos, convulsões ou até mesmo morte.

Alimentos fritos e gordurosos

Assim como alimentos fritos e gordurosos podem ser ruins para as pessoas, eles também podem ser ruins para os cães. Os alimentos altamente gordurosos podem causar mal-estar estomacal ao cão e também favorecer o surgimento de pancreatite em alguns cães. Além disso, o consumo regular desses tipos de alimentos pode levar à obesidade e problemas de saúde relacionados.

Alho e cebolas

Muitas pessoas costumam cozinhar com cebola e alho, mas, para cães, esses ingredientes básicos são tóxicos. Se o alho e as cebolas estiverem cozidos ou crus e o cão comê-los, eles poderão danificar as hemácias, o que poderá acabar causando anemia.

Uvas e passas

Essas frutas são saudáveis o suficiente para seres humanos, mas são tóxicas para cães. As uvas e as passas têm um efeito drástico sobre a saúde do cão e podem causar uma insuficiência renal aguda e repentina.

Sementes

Embora elas possam parecer saudáveis, evite dar ao cão nozes para comer. O tamanho delas representa um perigo de asfixia e elas têm muita gordura, o que pode desencadear um mal-estar estomacal em seu pet. Em especial, as sementes de macadâmia mostraram-se altamente tóxicas para cães – embora não tendam a resultar em mortes, elas podem fazer o cão sofrer com incapacidade de andar, vômitos, letargia e tremores.

Leite, creme e queijo

À medida que os cães atingem a idade adulta, a capacidade de digerir laticínios diminui conforme faltam as enzimas para isso. Isso significa que eles podem apresentar sinais de intolerância à lactose caso acabem ingerindo leite, creme ou queijo, como vômitos, diarreia e um mal-estar estomacal.

Caso ache que o cão possa ter comido algo que não deveria, é crucial consultar o médico-veterinário imediatamente. Você também deve manter esses alimentos tóxicos fora do alcance do cão para garantir que ele só coma o que seja melhor para ele.

Fonte: Royal Canin

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.