Notícias

Petrobras diz que ANP aprovou acordo de individualização da produção de Mero

Reuters
Reuters
Petrobras diz que ANP aprovou acordo de individualização da produção de Mero
Logo da Petrobras na sede da empresa no Rio de Janeiro

13 de dezembro de 2021 - 09:09 - Atualizado em 13 de dezembro de 2021 - 09:10

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras informou nesta segunda-feira que foi aprovado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o Acordo de Individualização da Produção (AIP) da jazida compartilhada de Mero, na Bacia de Santos.

As participações de cada parte na jazida compartilhada de Mero passam a ser as seguintes: Petrobras, com 38,60%; Shell, com 19,30%; TotalEnergies, com 19,30%; CNODC, com 9,65%; CNOOC Limited, com 9,65%; e Pré-sal Petróleo PPSA, com 3,50%.

O AIP é celebrado nas situações em que as jazidas se estendem para além das áreas concedidas ou contratadas.

Com a aprovação da ANP, o AIP estará efetivo a partir de 1º de janeiro de 2022.

Em decorrência do processo de individualização da produção da jazida, as partes estão negociando a equalização entre os gastos incorridos e as receitas relativas aos volumes produzidos até a data da efetividade do AIP, segundo a Petrobras.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHBC0I2-BASEIMAGE