Coronavírus

Coronavírus: brasileiro confia mais em Mandetta do que em Bolsonaro, diz pesquisa

Ao serem perguntados se confiam mais nas informações de Bolsonaro ou Mandetta, 57,6% dos entrevistados afirmaram ter mais confiança no ministro

Gabriel
Gabriel Azevedo
Coronavírus: brasileiro confia mais em Mandetta do que em Bolsonaro, diz pesquisa
(Foto: Agência Brasil)

9 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 9 de abril de 2020 - 00:00

Um levantamento divulgado nesta quinta-feira (9) pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que a maioria dos eleitores brasileiros confia mais no ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), do que no presidente Jair Bolsonaro (sem partido), para gerenciar a crise do novo coronavírus no Brasil. 
Entre os entrevistados, 56,2% responderam ‘não’ ao serem questionados se Bolsonaro está conduzindo a crise de maneira adequada; 38,7% responderam ‘sim’ e 5,1% não souberam ou não opinaram.
Ao serem perguntados se confiam mais nas informações prestadas por Bolsonaro ou por Mandetta, 57,6% dos entrevistados afirmaram ter mais confiança no ministro, enquanto 37,5% disseram que confiam mais no presidente. Os 4,9% restantes não souberam ou não opinaram.
Sobre a postura isolada de Mandetta, 65,7% das pessoas responderam que o ministro da Saúde está conduzinto a crise de maneira adequada, contra 28,7% que opinaram de maneira contrária; 5,6% não opinaram.

Isolamento social

A pesquisa tratou também da opinião dos brasileiros sobre as medidas de distanciamento social adotadas para tentar frear a disseminação da covid-19. Sobre esse assunto, 65,1% das pessoas afirmaram serem favoráveis ao modo que o isolamento está sendo realizado, enquanto 31,1%se posicionaram contra. Os demais 3,8% não opinaram ou não souberam.
Ao todo, 2.372 pessoas foram entrevistadas através de um questionário online, entre os dias 6 e 7 de abril, em 208 cidades de 26 estados Distrito Federal. A margem de confiança é de 95%, com uma margem de erro de 2%.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.