Notícias

Paraná Turismo publica estudos sobre pandemia e movimento aéreo

Uma pesquisa é para levantar os empregos gerados no setor durante 2019, a outra é sobre dados dos movimentos aéreos no início de 2020 e 2021

Gabriel
Gabriel Albuquerque / Estagiário Com informações da AEN e revisão de Daniela Borsuk
Paraná Turismo publica estudos sobre pandemia e movimento aéreo
(Foto: José FernandoOgura/ANPr)

12 de junho de 2021 - 10:07 - Atualizado em 12 de junho de 2021 - 10:07

Paraná Turismo, autarquia do Governo do Estado e vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, fez dois estudos sobre o setor turístico. Um deles é o Boletim de Inteligência Turística 2021, que tem como base os empregos e estabelecimentos nas Atividades Características do Turismo (ACTs) em 2019. O outro analisa o movimento aéreo entre os meses de janeiro e abril dos anos de 2020 e 2021, períodos pré e durante a pandemia.

O Boletim de Inteligência Turística 2021 mostra as tendências e a evolução dos dados do setor no Estado, favorecendo diretamente a elaboração e implantação de políticas públicas e a orientação de investimentos privados, além de servir de subsídio para pesquisas dos setores público, privado, acadêmico e do terceiro setor.

Os dados mostram quais as atividades características do turismo que mais geraram empregos no ano de 2019, período antes da pandemia do coronavírus, quando ainda era possível estabelecer parâmetros comparativos com anos anteriores.

A outra pesquisa que analisa o movimento aéreo entre os meses de janeiro e abril dos anos de 2020 e 2021, foram nos períodos pré e durante pandemia. Sobre os embarques domésticos e internacionais, o Brasil apresentou uma queda de 39% entre um ano e outro.

O Paraná teve queda de 51% na comparação entre os períodos, de 1,2 milhão para 605 mil embarques, aproximadamente.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.