Coronavírus

Paraná está entre os primeiros em transparência de contratações emergenciais para combate ao coronavírus

Estado alcançou-se a nota 81 e o conceito ótimo, ficando entre os três primeiros no ranking

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da Agência de Notícias do Paraná
Paraná está entre os primeiros em transparência de contratações emergenciais para combate ao coronavírus
(Foto: José Fernando Ogura/ AEN)

21 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 21 de maio de 2020 - 00:00

O Paraná está entre os três estados com melhor transparência no enfrentamento ao coronavírus, de acordo com o primeiro levantamento da entidade Transparência Internacional Brasil. Considerando também o Distrito Federal, o Estado se posiciona em quarto lugar no ranking. A organização se concentra em avaliar a corrupção no mundo e, agora, analisa a facilidade de consultar as contratações emergenciais para combate à covid-19.

Desde o início da divulgação das informações sobre o coronavírus, o Governo do Estado tem trabalhado para dar transparência às ações emergenciais. As contratações podem ser acompanhadas tanto no portal ou no Portal da Transparência do Paraná. Com isso, alcançou-se a nota 81 e o conceito ótimo, na avaliação da Transparência Internacional.

“Esta colocação é reconhecimento pelo esforço que as equipes têm para consolidar e divulgar os dados. Nossa preocupação é evitar abusos ou irregularidades com a justificativa da emergência”, comentou o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira.

“Nosso papel, como órgão de controle, é orientar o Estado para agir no sentido da ética e integridade, com atitudes que incentivem o controle social. A vigilância da sociedade e dos órgãos de controle internos e externos faz a administração pública melhorar seu desempenho”, completou Siqueira.

Ele informou que a auditoria interna feita pela CGE já verificou 50% dos procedimentos adotados nas compras e contratações, com dispensa de licitação, por causa do novo coronavírus, de acordo com a lei 13.979/2020. Essa auditoria visa dar mais segurança aos processos, evitando desconformidades com a legislação vigente.

Avaliação da transparência dos estados

A Transparência Internacional avaliou os portais de informação de 26 governos estaduais, do Distrito Federal e de 26 capitais, com critérios que consideraram a facilidade e agilidade com que se conseguem as informações sobre as contratações emergenciais. Em seu site, a entidade reforça a necessidade do acompanhamento da sociedade.

Para o coordenador de Transparência e Controle Social, Matheus Gruber, a avaliação de entidades externas é importante para melhorar o nível das informações prestadas à população.

A entidade Open-Knowledge Brasil, que monitora outros indicadores com relação ao coronavírus, também elevou a nota do Paraná, e o estado está entre os quatro primeiros colocados.

“Acompanhamos esses pareceres, vindos do controle social, porque nos ajudam a aumentar a transparência. Todos os órgãos envolvidos na disponibilização das informações são os responsáveis pelo bom desempenho do Paraná”, comentou Gruber.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.