Notícias

Paraná tem a economia em crescimento; veja na série especial ‘De Volta ao Jogo’

Crescimento do comércio e da indústria no Paraná deve ser maior que a média nacional.

Giselle
Giselle Ulbrich com informações da RIC Record TV

15 de junho de 2021 - 19:33 - Atualizado em 15 de junho de 2021 - 19:58

O vírus que vitimou milhares de brasileiros também foi o responsável por uma recessão econômica sem precedentes. Indústrias paralisaram e muitas empresas faliram. Mas com a chegada da vacina, a economia nacional dá sinais de recuperação. E o Paraná se destaca, com um crescimento maior que a média nacional. Para mostrar este cenário, a RIC Record TV inicia hoje a série: De Volta ao Jogo!

Um dos exemplos desta retomada é o empresário Flávio Cabral. A reforma da casa em que vive com a família era um sonho antigo. Mas só agora, na pandemia, ele pôde concretizar. Ele explica que, passados meses de pandemia, consegui fazer sobrar um dinheiro para a obra, que ele visita todos os dias para ver o andamento.

E passar mais tempo em casa levou muita gente a sonhar com uma casa mais aconchegante. Isso colocou a arquiteta e designer Karolinna Venturi de volta ao jogo. A demanda por projetos no escritório dela cresceu, em média, 50%, só neste ano de 2021.

“As pessoas tem usado o dinheiro que era de uma viagem, por exemplo. As pessoas estão olhando com outros olhos para a própria casa”, disse ela.

Bom para o empresário Adenilson Milani, que há 35 anos apostou nas vendas de materiais para construção. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (PNAD), o setor cresceu mais de 10% no ano passado. Tanto que o empresário mudou uma das lojas de endereço e resolveu apostar num sonho antigo: a ampliação da loja principal.

O projeto começou a ser pensado há mais de 10 anos. Mas quando ficou pronto, o País tinha acabadode entrar numa recessão econômica. O ano era 2016. Agora, mesmo com a crise econômica provocada pela pandemia, o empresário avaliou que era o momento certo.

De volta ao jogo

De acordo com uma pesquisa da Fecomércio, foram 6,22% de crescimento no primeiro trimestre de 2021, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Esse é o melhor resultado desde 2013. E as vendas de materiais de construção tem uma parcela importante: 22,62%.

  • Venda no varejo: aumento de 6,22%

Veja a sequência de setores que mais cresceram no primeiro trimestre:

  • Materiais de construção – 22,62%
  • Móveis, decoração e utilidades domésticas – 16,95%
  • Concessionárias de veículos – 14,21%

Conforme Rodrigo Schmidt, da Fecomércio PR, se o estado manter este ritmo, projeta-se um crescimento de 4% no ano. E sem tem vendas, tem produção. Comércio cresce, indústria vai junto. Enquanto de janeiro de 2020 a janeiro de 2021, a indústria nacional cresceu 2%, o desempenho estadual foi quase seis veses maior: com resultado de 11,5% de crescimento.

O destaque da indústria vai para o setor alimentício. Conforme Rodolfo Tornesi Lourenço, diretor de transformação e Inovação, o setor cresceu 20% ano passado e espera crescer mais 15 a 18% esse ano.

Confira a série completa esta semana, no RIC Notícias, das 19h20 às 19h50. A série tem produção de Silvana Ukachenski, reportagem de Camila Andrade e imagens de Paulo Evaristo e Nilson Machado.